Cerca

Vatican News
Papa Francisco e o rabino de Roma Riccardo Di Segni Papa Francisco e o rabino de Roma Riccardo Di Segni 

Congratulações do Papa pelas festas judaicas

“Que o Todo Poderoso, que ama o seu povo e acompanha os que n’Ele confiam, nos ajude a testemunhar no compromisso para com o próximo, na promoção da justiça e da paz”. Palavras do Papa Francisco na mensagem ao rabino-chefe de Roma, Riccardo Di Segni, por ocasião do transcurso das recentes festas judaicas de Rosh Hashanah, Yom Kippur e Sukkot

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco enviou uma mensagem - divulgada na manhã desta segunda-feira (07) - à Comunidade Judaica de Roma, por ocasião de suas recentes festividades.

“Por ocasião das solenes festividades de Rosh Hashanah, Yom Kippur e Sukkot, felicito com alegria ao senhor e a toda Comunidade Judaica de Roma. O meu pensamento se estende também às Comunidades judaicas no mundo, com o desejo que estas festas possam trazer abundantes bênçãos do Eterno e ser fonte de íntima alegria”.

“Desejamos que o Altíssimo – conclui o Papa -, em sua eterna misericórdia, possa fortalecer em todos os lugares os nossos vínculos de amizade e o desejo de favorecer um constante diálogo pelo bem de todos. Shalom Alechem”.

Rosh Hashanah

Rosh Hashanah é o ano novo judaico e dia do julgamento, um dos três previstos no calendário judaico. Na Torá é definido como “o dia do toque do Shofar”. A literatura rabínica e a liturgia descrevem Rosh Hashanah como o “Dia do julgamento” e o “Dia da recordação”.

Yom Kippur

Yom Kippur é a festa religiosa judaica que celebra o dia do perdão. Na Torá é chamado Yom haKippurim. É um dos chamados Yamim Noraim. Os Yamim Noraim acontecem do Rosh Hashanah ao Yom Kippur, que são respectivamente os primeiros dois dias e o último dia dos Dez Dias do Arrependimento.

Sukot

O termo Sukot, também chamado Sukkot ou Succot, é conhecida também com os nomes de “Festa das Cabanas, “Festa dos Tabernáculos e “Tabernáculos”. Refere-se a uma festa de peregrinação que em Israel dura sete dias, oito além de Eretz Israel.

07 outubro 2019, 15:10