Cerca

Vatican News

Papa Francisco em Albano: devemos voltar à simplicidade

"Com Zaqueu, deixemo-nos tocar pela Sua ternura": palavras do Papa Francisco na sua homilia deste sábado (21) por ocasião da Visita Pastoral à diocese de Albano, nos arredores de Roma

Manoel Tavares - Cidade do Vaticano

O Santo Padre concluiu sua Visita Pastoral a Albano, presidindo a uma celebração Eucarística na Praça Pia, diante da Catedral da cidade do Lácio.

Em sua homilia, partindo da festa de São Mateus, Apóstolo e Evangelista, celebrado pela Liturgia de hoje, Francisco citou o famoso episódio de Zaqueu, cobrador de impostos e chefe dos publicanos, odiados pelo povo, que subiu a um sicômoro para ver Jesus. Zaqueu era um homem, que vivia à custa dos seus concidadãos, para os quais era o pior e não podia se salvar. No entanto, Jesus o chama pelo seu nome, não se esquece dos pecadores.

Partindo desta passagem evangélica, o Papa exortou os fiéis, por ocasião do aniversário da Catedral de Albano, a não terem medo de ir à busca dos mais esquecidos, escondidos sobre o sicômoro da vergonha, do medo, da solidão, para lhes dizer que Deus não se esquece deles.

E, recordando uma segunda ação de Jesus em relação a Zaqueu, que o queria ver, Francisco disse que ele não queria só vê-lo, mas conhecê-lo, saber quem era aquele famoso Mestre. Mas, Jesus o “antecipou”, o viu por primeiro, conversou com ele antes de ser convidado para ir à sua casa. E o Papa explicou quem era Jesus:

 [ Jesus é aquele que nos vê por primeiro, que nos ama por primeiro, quem nos acolhe por primeiro. Quando descobrimos o seu amor, a nossa vida muda. Como Zaqueu, não devemos buscar as riquezas, a carreira, o prazer, os vícios. Deixemo-nos olhar por Jesus e tocar pela sua ternura. Mantenhamos um encontro vivo com a sua misericórdia ]

Não somos auto-suficientes, disse Francisco; devemos superar nossos fechamentos, voltar à simplicidade de uma criança, ser felizes de encontrar o amor de Deus e ao próximo.

Por fim, o Santo Padre recordou uma última ação de Jesus em relação a Zaqueu: "Hoje devo ficar em sua casa". Como seria maravilhoso sentir a Igreja como nossa casa! O Senhor quer que sua Igreja seja a casa das casas, uma tenda para hospedar nosso próximo, nossos irmãos.

Como Zaqueu, que deu o quádruplo do que tinha aos pobres, Francisco nos exortou a dar um pouco de nós mesmos e a amar os mais necessitados. Somente assim seremos ricos aos olhos de Deus!

Video da chegada do Papa
21 setembro 2019, 18:30