Busca

Vatican News
A equipe internacional do Caminho Neocatecumenal com o Papa que mostra o desenho de São Francisco Xavier A equipe internacional do Caminho Neocatecumenal com o Papa que mostra o desenho de São Francisco Xavier 

O Papa encoraja o Caminho a continuar a anunciar o Evangelho

Alguns dias atrás, a equipe internacional do Caminho Neocatecumenal foi recebida pelo Papa Francisco no Vaticano. O fundador do Caminho, Kiko Argüello, veio agradecer pessoalmente ao Pontífice pela abertura do novo Colégio Redemptoris Mater de Macau (China) para a Ásia, ligado à Propaganda Fide e desejado pelo próprio Pontífice

Cidade do Vaticano

Na audiência concedida à equipe internacional do Caminho Neocatecumenal, o Papa Francisco agradeceu ao fundador Kiko Argüello pela missão evangelizadora do Caminho. Além do fundador estavam presentes María Ascensión Romero e Padre Mario Pezzi.

Ouça e compartilhe!

Francisco afirmou: “Fico feliz porque vocês realizam a coisa mais importante da Igreja que é evangelizar e o fazem sem proselitismo, mas mediante o testemunho”. Ao mesmo tempo o Papa sublinhou a importância da presença feminina na missão que com a sua presença atraem os pagãos e os que estão longe da fé. No final da audiência, que se realizou em um clima de grande cordialidade, Francisco encorajou Kiko a ir avante, e todo o Caminho Neocatecumenal a continuar com o anúncio do Evangelho em todo o mundo.

Formadores e seminaristas do novo Seminário de Macau

Kiko Argüello doou ao Papa um desenho realizado por ele especialmente para esta ocasião, de São Francisco Xavier, padroeiro das missões, o grande Apóstolo do Oriente. O grande missionário morreu às portas da China, e seu braço é mantido em um relicário na Igreja da Madre de Deus em Macau, local escolhido para o novo seminário Redemptoris Mater, desejando com isso a continuidade da obra de evangelização iniciada pela Igreja há 500 anos.

Poucos dias antes, no final da audiência geral de quarta-feira 18 de setembro, o Papa Francisco quis conhecer e cumprimentar pessoalmente os formadores e seminaristas antes da partida para Macau e os encorajou sublinhando que: “na Ásia há uma importante missão esperando por vocês”.

 

24 setembro 2019, 09:08