Cerca

Vatican News
Santuário Nossa Senhora de Loreto Santuário Nossa Senhora de Loreto  

Papa Francisco assinará Exortação Pós-Sinodal em Loreto

No dia 25 de março, Solenidade da Anunciação do Senhor, o Papa irá a Loreto, onde assinará a Exortação Apostólica Pós-Sinodal, do Sínodo sobre os Jovens, realizado em outubro no Vaticano.

Debora Donnini - Cidade do Vaticano

Na Solenidade da Anunciação do Senhor, no próximo dia 25 de março, o Papa Francisco irá a Loreto, Itália, ocasião em que pretende "oferecer a Virgem Maria a Exortação Pós-Sinodal" do Sínodo dos Bispos, realizada em  outubro passado, sobre o tema: "Juventude, fé e discernimento vocacional". A confirmação da viagem foi dada na manhã deste domingo pelo diretor "interino" da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti.

O momento central da visita será a Missa na Santa Casa de Loreto, prevista para às 9h45, ao final da qual assinará a Carta Pós-Sinodal aos Jovens.

De acordo com o programa, o Papa chegará em um helicóptero por volta das 9h00 no Centro Juvenil "João Paulo II" em Montorso, onde será recebido por Dom Fabio Dal Cin, arcebispo Prelado de Loreto e por autoridades civis. A chegada, de carro, no Santuário está prevista para às 9h30.

Depois da Missa, na sacristia haverá uma saudação à comunidade dos Frades Capuchinhos e, no Santuário, aos doentes presentes. Então, no adro da igreja, o Papa encontrará os fiéis presentes a quem dirigirá algumas palavras. No final da oração do Angelus, almoçará com os bispos. Às 15h45, previsto o retorno ao Vaticano de helicóptero.

A gratidão de Dom Dal Cin pela visita visita

 

A propósito da visita, Dom Dal Cin expressou sua sincera gratidão ao Papa, enfatizando que o Santo Padre irá como um peregrino à Santa Casa. "Ele virá - continuou - para confirmar na fé, na esperança e na caridade os  habitantes de Loreto e os peregrinos; na fidelidade à missão eclesial os sacerdotes e as famílias; no testemunho do Reino de Deus, os irmãos e irmãs consagrados. Isso trará consolo aos doentes. Encorajará os jovens em seu entusiasmo e os confiará a Maria, para que os tome pela mão e os guie na alegria  de um “Eis-me aqui!” pleno e generoso”.

O arcebispo também enviou um telegrama ao Santo Padre, no qual ele destaca a expectativa para este encontro, "certos - ele diz - que ver Petrum confirmará a fé e aumentará a caridade". Dom Dal Cin também quis que, em vista da visita, uma oração particular seja recitada em cada Missa e encontro comunitário”.

Ouça e compartilhe!
24 fevereiro 2019, 10:02