Cerca

Vatican News
O atentado aconteceu nesta quinta-feira (17), em frente à Escola de Polícia General Santander O atentado aconteceu nesta quinta-feira (17), em frente à Escola de Polícia General Santander  (AFP or licensors)

Papa Francisco condena o cruel atentado em Bogotá

Em telegrama assinado pelo secretário de Estado do Vaticano, Card. Pietro Parolin, o Papa Francisco condenou mais uma vez a “violência cega, que é uma ofensa gravíssima ao Criador", e manifestou solidariedade às vítimas e familiares do atentado terrorista desta quinta-feira (17) que vitimou mais de 20 pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Andressa Collet - Cidade do Vaticano

O Papa Francisco enviou nesta sexta-feira (18) um telegrama de pesar pelas vítimas do atentado em Bogotá, na Colômbia. A mensagem é assinada pelo secretário de Estado, Card. Pietro Parolin, e dirigida ao arcebispo de Bogotá, Card. Rubén Salazar Gómez.

 “Diante da notícia cruel do atentado terrorista que marcou com dor e morte a cidade de Bogotá”, o Papa Francisco expressa no telegrama seu mais profundo pesar por quem  perdeu a vida “numa ação tão desumana”. Nestes momentos de comoção e tristeza, o Pontífice faz chegar o seu apoio e solidariedade a toda a sociedade colombiana.

Papa condena violência cega

Francisco, através do telegrama, condena mais uma vez a “violência cega, que é uma ofensa gravíssima ao Criador e eleva a sua oração ao Senhor para que ajude a perseverar na construção da concórdia e da paz no país e no mundo inteiro”. O Pontífice finaliza invocando sobre todas as vítimas, familiares e o povo da Colômbia a bênção apostólica.

18 janeiro 2019, 17:47