Cerca

Vatican News
Imagem da Imaculada Conceição na Praça de Espanha Imagem da Imaculada Conceição na Praça de Espanha 

Homenagem do Papa à Imaculada Conceição

Francisco deixa o Vaticano e vai até a Praça de Espanha. Em 1953, Pio XII foi o primeiro Pontífice a prestar a homenagem a Nossa Senhora, dando início a esta tradição.

Manoel Tavares - Cidade do Vaticano

Por ocasião da Solenidade da Imaculada Conceição, o Santo Padre deixará a Casa Santa Marta, no Vaticano, na tarde deste sábado, e se dirigirá à Praça de Espanha, no centro de Roma, para fazer a tradicional homenagem floreal a Nossa Senhora, aos pés do monumento a ela dedicado.

Durante a sua ida à Praça da Espanha, o Papa se deterá em oração diante da imagem de Nossa Senhora chamada “Salvação do Povo romano”, na Basílica papal de Santa Maria Maior.

A seguir, se dirigirá à Praça de Espanha, para venerar a estátua de Nossa Senhora, obra do escultor Giuseppe Obici, que se encontra no alto de um obelisco, projetado pelo arquiteto Luigi Poletti, e inaugurado em 8 de dezembro de 1857.

Em 1953, Pio XII foi o primeiro Pontífice a prestar a homenagem a Nossa Senhora, dando início a esta tradição.

Significado da Imaculada Conceição

A expressão Imaculada Conceição passou a ser um título de Nossa Senhora, que significa “concebida sem mancha”. Desde o momento da sua concepção, Maria foi preservada da mancha do pecado original.

A Imaculada Concepção da Virgem Maria é um Dogma de Fé proclamado, no dia 8 de dezembro de 1854, pelo Papa Pio IX.

Na iconografia cristã, aos pés de Nossa Senhora encontra-se uma meia-lua, que tem um simbolismo particular: a lua não tem luz própria, mas reflete a luz do Sol. Para o cristão, o sol representa Jesus Cristo. Logo, a luz, que vem de Jesus Cristo, brilha na escuridão, que simboliza a humanidade pecadora, enquanto a lua representa a pureza e a luz.

Maria Imaculada, concebida sem pecado original, brilha como a lua, mas reflete a luz do Sol, que é seu Filho, verdadeira fonte de vida, luz e calor.

A serpente, calcada pelos pés de Maria, representa que, com Maria, começou a vitória sobre o demônio, uma derrota concluída com a morte e ressurreição de Jesus.

Por fim, aos pés da imagem da Imaculada Conceição estão os anjos e uma nuvem, que revelam a glória da Virgem Maria no céu, junto com os anjos, dos quais é Rainha. Por isso, a sua imagem traz uma coroa, sobre a qual se encontra uma cruz. De fato, a Virgem Maria é Rainha por causa da morte e ressurreição de Cristo.

08 dezembro 2018, 08:00