Cerca

Vatican News

Indonésia: solidariedade do Papa

Papa Francisco envia uma contribuição para ajudar a socorrer o povo indonésio, enquanto que a Igreja Católica em todo o mundo está ativada para ajudar. Save the Children faz um apelo pelas crianças órfãs e pela reunificação das famílias

Cidade do Vaticano

O Dicastério para o Serviço Humano Integral lançou um comunicado, nesta quinta-feira, 4 de outubro informando que o Papa Francisco enviará uma contribuição para socorrer a população da Indonésia atingidas pelo terremoto.

Terremotos, tsunami e vulcão

Na última semana violentos terremotos e um tsunami atingiram e devastaram várias regiões da Indonésia – em particular a ilha de Sulawesi – causando a morte de mais de 1400 pessoas, comprovadas até o momento, e milhares de feridos.

E nesta semana, o vulcão do Monte Soputan, na ilha de Sulawesi, entrou em erupção, obrigando as autoridades do país asiático a elevarem o alerta na região para o nível 3 de uma escala de 4.

Ajuda do Papa

Papa Francisco, através do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, enviou, nesta primeira fase de emergência, uma contribuição de 100 mil dólares para socorrer a população local.

Esta contribuição é uma imediata expressão do sentimento espiritual de proximidade e paterno encorajamento por parte do Santo Padre para com as pessoas dos territórios atingidos e será dividida em colaboração com a Nunciatura Apostólica, entre as regiões mais atingidas pela catástrofe.

No Angelus de domingo, 30 de setembro o Papa rezou pelas pessoas atingidas:

“ Rezo pelos defuntos, infelizmente numerosos, pelos feridos e por aqueles que perderam casa e trabalho. Que o Senhor os console e apoie os esforços daqueles que estão trabalhando nos socorros ”

A contribuição deste Dicastério, que acompanha a oração do Santo Padre pela amada população indonésia, faz parte das ajudas que estão sendo ativadas nas Igrejas Católicas de todo o mundo e que terão a participação de várias Conferências Episcopais e numerosas associações de caridade.

Apelo "Save the Children"

Enquanto isso, segundo a organização Save the Children há um número impressionante de crianças que ficaram órfãs ou separadas de seus familiares. Por isso há um apelo urgente para que se possa reunir as famílias de sobreviventes.

Segundo as autoridades indonésias, 46.000 crianças precisam com urgência assistência humanitária, enquanto que foi confirmado que além das 1400 vítimas, entre as quais centenas de crianças, foram destruídas mais de 65.000 moradias.

“Andando pelas ruas pode-se ver que a devastação é geral. É impossível determinar a grandeza da tragédia, a destruição é tão grande que não se distingue onde havia edifícios ou não".

“ As crianças são a nossa primeira preocupação, os órfãos e os perdidos e desaparecidos são inúmeros, precisamos fazer com que as famílias se reencontrem ”

São palavras de Zubedy Koteng, que trabalha com a proteção de menores em Palu.

Ouça e compartilhe
04 outubro 2018, 10:34