Versão Beta

Cerca

Vatican News
Coral da Capela Sistina Coral da Capela Sistina 

Papa autoriza investigação sobre Coral da Capela Sistina

A investigação sobre a gestão econômico-administrativa do Coral da Capela Sistina, teve início há alguns meses, com autorização do Papa Francisco.

Cidade do Vaticano

A respeito das investigações conduzidas pela magistratura vaticana sobre a gestão financeira do Coral da Capela Sistina, a Sala de Imprensa da Santa Sé informou que, “em mérito ao que está sendo divulgado pela imprensa em relação a alguns fatos envolvendo o Coral da Capela Sistina, se confirma que o Santo Padre Francisco, há alguns meses, autorizou uma investigação sobre aspectos econômico-financeiros do Coral. As investigações ainda estão em andamento”.

A história da Capela Musical Pontífica Sistina

 

O Coral, famoso em todo o mundo, participa nas Missa papais e realiza periodicamente turnês pelo exterior. Dele fazem parte cantores adultos e jovens.

O Coral foi criado em 1471, quando o Papa Sisto IV reorganizou o Colégio dos cantores pontifícios, existente desde os primeiros séculos da história da Igreja, em particular,  sob o pontificado de São Gregório Magno, Papa de 590 a 604.

O atual diretor do Coral é Monsenhor Massimo Palombella – nomeado em 2010 por Bento XVI e confirmado pelo Papa Francisco em 2015. O diretor administrativo é Michelangelo Nardella.

Ouça e compartilhe!
13 setembro 2018, 10:03