Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa no Angelus Papa no Angelus  (Vatican Media)

Apelos do Papa pela Síria, Tailândia, Etiópia e Eritreia

Sempre atento aos acontecimentos ao redor do mundo, o Papa Francisco fez vários apelos no Angelus deste domingo, recordando uma vez mais sua amada Síria, mas também o drama do grupo de estudantes desaparecidos dentro de uma gruta na Tailândia. Mas o Papa classificou de "boa notícia" o fato de que nesses dias Etiópia e Eritreia voltaram a falar de paz.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco, mais uma vez lançou um apelo em favor da Síria, desta vez falando do drama decorrente do conflito na Província de Daraa, que provocou a fuga de milhares de pessoas:

A situação na Síria continua grave, especialmente na Província de Daraa, onde as ações militares destes últimos dias atingiram também escolas e hospitais e provocaram milhares de novos refugiados. Renovo, junto com a oração, meu apelo para que a população, já duramente provada há anos, seja poupada de mais sofrimento”.

Boa notícia

 

Depois de muitos anos, Etiópia e Eritreia voltaram à mesa de negociações, levando uma esperança de paz ao continente africano. Francisco alegrou-se com a notícia:

Em meio a tantos conflitos, devo assinalar uma iniciativa que pode ser definida como histórica - e também se poderia dizer que é uma boa notícia: nestes dias, depois de vinte anos, os governos da Etiópia e da Eritreia voltaram a falar de paz. Que este encontro possa acender uma luz de esperança para estes dois países do Chifre da África e para todo o continente africano”.

Tailândia

 

Um grupo de estudantes está preso em uma caverna na Tailândia desde o dia 23, depois que fortes chuvas alagaram o complexo de cavernas em um parque em Chiang Rai, no norte do país. São 12 adolescentes com idades entre os 11 e os 16 anos e seu técnico de futebol de 25. Centenas de pessoas trabalham nas tentativas de resgate. Na sexta-feira, foram lançadas caixas com comida e telefones celulares para dentro da caverna, nas proximidades de onde se supõe estar o grupo.

“Também asseguro minhas orações para os jovens que estão desaparecidos há mais de uma semana em uma caverna subterrânea na Tailândia”, disse o Papa, que acompanha o desenrolar dos acontecimentos.

Ouça e compartilhe!
01 julho 2018, 14:25