Versão Beta

Cerca

Vatican News
Evento Ecumênico na Malmo Arena, 31/10/2016 Evento Ecumênico na Malmo Arena, 31/10/2016  (Ossevatore Romano)

Sacramentos, um desafio ecumênico delicado

No dia em que Francisco é “peregrino ecumênico” em Genebra, o Vatican News esclarece com Mons. Antonio Luis Catelan, assessor da Comissão Teológica Internacional, a questão da validade dos sacramentos entre as diferentes Igrejas cristãs.

Cristiane Murray, Silvonei José – Cidade do Vaticano

Neste dia (21/06) em que Francisco, “peregrino ecumênico”, celebra em Genebra os 70 anos do Conselho Mundial de Igrejas, o Vatican News esclarece com Mons. Antonio Luis Catelan, assessor da Comissão Teológica Internacional, órgão que ajuda a Santa Sé no exame de questões doutrinais importantes, a validade dos sacramentos entre as diferentes Igrejas cristãs.

Hoje existem no mundo cerca de 500 milhões de cristãos não católicos, em grande maioria ortodoxos, luteranos, anglicanos e protestantes de comunidades menores. No caminho rumo à unificação destas Igrejas, o maior desafio é o reconhecimento dos sacramentos.

A Igreja Católica compartilha com algumas comunidades cristãs e com as Igrejas Orientais a fé, por exemplo, no batismo. Outras comunidades não o aceitam, quase sempre em função do tipo de rito. 

A situação é diferente para outros sacramentos, como a Ordem e a Eucaristia.

“ A Eucaristia não é propriedade privada de quem comunga ”

Em referência aos ‘matrimônios mistos’ entre cristãos, Mons. Catelan aponta que é necessário analisar dois pontos: o primeiro diz respeito à família e a Eucaristia; e o segundo, é que a Igreja só é Igreja pela sua comunhão com Cristo”.

Ouça a reportagem:

Baixe e compartilhe
20 junho 2018, 12:08