Cerca

Vatican News
Papa Francisco na audiência geral de quarta-feira Papa Francisco na udiência geral de quarta-feira 

Papa a políticos franceses: favorecer cultura do encontro

O Papa os convidou a serem “promotores de um debate verdadeiro sobre os valores e orientações comuns a todos”, diante dos problemas da sociedade.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco recebeu em audiência, na Sala Clementina, no Vaticano, nesta segunda-feira (12/03), os parlamentares e políticos de Marselha, na França, que participam de uma peregrinação a Roma, guiada pelo arcebispo de Marselha, Dom Goerges Pontier.

Um convite dos bispos franceses que “testemunha a estima da Igreja Católica pelo compromisso político quando é motivado pelo desejo de criar condições favoráveis para viver juntos, respeitando as diferenças, atento às situações de precariedade e às pessoas mais frágeis”.

“ A grandeza política se revela quando, nos momentos difíceis, o trabalho se baseia nos grandes princípios e pensando ao bem comum a longo prazo. ”

"A história de seu território, fortemente marcado pela dimensão mediterrânea, mostra a riqueza da diversidade, potencialidade real no plano humano, econômico, social, cultural e religioso.”

Segundo Francisco, “é importante, baseando-se nos princípios da subsidiariedade e da solidariedade, o grande esforço de diálogo político e a criação de consenso, tendo no coração a busca do desenvolvimento integral de todos. Nesta perspectiva, os valores da liberdade, igualdade e fraternidade são pedras fundamentais e um horizonte para o exercício de suas responsabilidades”.

O Papa os convidou a serem “promotores de um debate verdadeiro sobre os valores e orientações comuns a todos”, diante dos problemas da sociedade.

Nesse debate “os cristãos são chamados a participar com os fiéis de todas as religiões e todos os homens de boa vontade, a fim de favorecer o desenvolvimento de uma cultura do encontro”.

“ Que o desejo a favor do bem comum possa levá-los a construir pontes entre pessoas de várias condições sociais, econômicas, culturais e religiosas, e entre as várias gerações. ”

O Papa incentivou os parlamentares e políticos a “criarem laços, entre espaços urbanos e rurais, entre o mundo estudantil e profissional, a fim de que o dinamismo de seus territórios seja enriquecido com as várias especificidades”.

Francisco os convidou a estarem próximos às pessoas que vivem em situações precárias, “a nunca se resignarem à disparidade social, raiz dos males da sociedade, mas promover uma conversão ecológica integral a serviço da proteção de nossa casa comum”.

O Papa recordou também “os migrantes e refugiados que fugiram de seus países por causa da guerra, da miséria, da violência” e o que foi feito em prol deles.  

Convidou a perseverar na busca de "seu desenvolvimento humano integral e a integrá-los na sociedade. Assim, será possível construir uma sociedade mais justa, mais humana e fraterna".

Papa recebe políticos franceses

 

 

 

12 março 2018, 13:04