Versão Beta

Cerca

Vatican News
Logotipo do Encontro europeu dos jovens de Taizé, este ano na região suíça da Basileia Logotipo do Encontro europeu dos jovens de Taizé, este ano na região suíça da Basileia 

Mensagem do Papa aos jovens participantes do Encontro europeu de Taizé

O Santo Padre os encoraja a não terem medo de percorrer os caminhos da fraternidade a fim de que o encontro de vocês em Basileia “torne visível a comunhão alegre que brota da fonte do coração transbordante do Senhor”, afirma.

Cidade do Vaticano

“Fazer crescer uma cultura da misericórdia, baseada na redescoberta do encontro com os outros: uma cultura em que ninguém olha para o outro com indiferença nem desvia o olhar quando vê o sofrimento dos irmãos.”

Encontro se realizará de 28 de dezembro a 1º de janeiro de 2018

É a exortação do Papa Francisco na mensagem – assinada pelo secretário de Estado vaticano, cardeal Pietro Parolin – aos participantes do Encontro europeu de Taizé em Basileia, na Suíça, deste 28 de dezembro a 1º de janeiro de 2018.

Dirigindo-se aos milhares de jovens provenientes de toda a Europa e também de outros continentes, para viver em Basileia – encruzilhada entre a Suíça, a França e a Alemanha – o 40º encontro organizado e animado pela Comunidade de Taizé, Francisco ressalta que eles são sustentados pelo desejo de encontrar juntos as fontes da alegria. “Esse é o tema que guiará suas reflexões e que iluminará a oração de vocês”, afirma.

Nessa perspectiva, o Papa Francisco quer assegurar sua profunda proximidade espiritual. Efetivamente, como escreveu na Exortação apostólica Evangelii gaudium, “a alegria do Evangelho torna repletos o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Aqueles que se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo a alegria sempre nasce e renasce” (n. 1).

Do mesmo modo, o Santo Padre tem a felicidade de saber que vocês escolheram participar deste encontro para acolher e aprofundar a mensagem de Jesus que é fonte de alegria para todos aqueles que lhe abrem o coração. O Pontífice agradece a vocês por terem respondido ao chamado do Senhor que reúne todos na alegria de seu amor, lê-se ainda na mensagem.

“ O Papa os encoraja a permitir que esta alegria, que nasce da amizade vivida com Jesus, habite neles, esta alegria que jamais nos fecha aos outros nem aos sofrimentos deste mundo. ”

Francisco “convida-os a permanecer unidos ao Senhor, mediante a oração e a escuta da sua Palavra, a fim de que Ele possa ajudar vocês a gastar seus talentos para fazer crescer uma cultura da misericórdia, baseada na redescoberta do encontro com os outros”.

Ao destacar que neste ano que está para se concluir foram recordados os 500 anos da Reforma, o Pontífice pede ao Espírito Santo que ajude os jovens protestantes, católicos e ortodoxos a se alegrarem e enriquecer com a diversidade dos dons concedidos a todos os discípulos de Cristo, para manifestar que a alegria do Evangelho nos une para além de todas as feridas de nossas divisões.

O Santo Padre os encoraja a não terem medo de percorrer os caminhos da fraternidade a fim de que o encontro de vocês em Basileia, afirma, “torne visível a comunhão alegre que brota da fonte do coração transbordante do Senhor”.

28 dezembro 2017, 15:59