Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Papa Francisco em Assis Papa Francisco em Assis 

Mensagem do Papa pelos 800 anos da Custódia da Terra Santa

Na mensagem enviada aos participantes do encontro que se realiza em Roma e Assis, Francisco recorda que Jerusalém é "símbolo para todos de pacífica convivência entre povos e religiões diferentes

Cidade do Vaticano

“À exemplo de São Francisco, que se propague por todos os lugares a amizade, a solidariedade e a paz”.

Estes são os votos do Papa Francisco na mensagem enviada aos participantes da Conferência internacional realizada esta quinta-feira em Roma - com continuidade na sexta-feira em Assis  - pelos 800 anos da Custódia da Terra Santa.

O Pontífice – refere o L’Osservatore Romano – dirige aos organizadores, conferencistas e participantes os melhores votos, expressando “a sua satisfação pelo tema escolhido: “O diálogo entre culturas e religiões na promoção da paz”, especialmente em um momento delicado da vida da cidade de Jerusalém, símbolo para todos de pacífica convivência entre os povos e religiões diferentes”.

Francisco também exorta a “um autêntico serviço à vida e à dignidade da pessoa, levando em consideração a diversidade das culturas, das tradições religiosas e das proveniências, como também as riquezas humanas e espirituais, que exigem ser acolhidas com respeito”.

Quinta-feira, Roma

A conferência, promovida pelo Observatório sobre Minorias religiosas no mundo e o respeito pela liberdade religiosa, do Ministério do Exterior italiano, foi aberta na manhã desta quinta-feira na Pontifícia universidade Antonianum, com um encontro sobre o tema “De São Francisco ao Papa Francisco: a profecia de um mundo reconciliado”.

Na parte da tarde, pronunciaram-se, entre outros, o custódio da Terra Santa, padre Francesco Patton, o embaixador de Israel na Itália, Ofer Sachs e o prefeito de Belém, Anton Salman. As conclusões foram confiadas ao prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, cardeal Leonardo Sandri.

Sexta-feira, Assis

Na sexta-feira o encontro prossegue em Assis com o tema “O franciscanismo na Terra Santa, da origem à contemporaneidade. Palavra e gestos”.

A primeira conferência terá lugar às 9 horas na basílica papal de São Francisco sobre o tema “O Túmulo: herança de uma missão fraterna”.

Deverá se pronunciar inicialmente o padre Mauro Gambetti, custódio do Sacro Convento, seguido pelas saudações do padre Giulio Michelini, decano do Instituto Teológico de Assis, da prefeita da cidade Stefania Proietti e de Dom Domencio Sorrentino, bispo de Assis- Nocera Umbra-Gualdo Tadino.

Seguirá um encontro moderado pelo diretor do L’Osservatore Romano, com a participação do custódio da Terra Santa,  padre Francesco Patton e Ernesto Galli da Loggia, historiador e editorialista do ‘Corriere della Sera’, Andrea Maiarelli, arquivista e docente do Instituto Superior de Ciências Religiosas de Assis, e padre Giusepe Bufon, ordinário de história da Igreja moderna e contemporânea no Antonianum. (L’Osservatore Romano)

Mensagem do Papa pelos 800 anos da Custódia da Terra Santa
21 dezembro 2017, 18:26