Cerca

Vatican News
Papa no Memorial aos Mártires, em Daca Papa no Memorial aos Mártires, em Daca  (AFP or licensors)

Em Daca, Papa reza no Memorial dos Mártires de Savar

A visita ao Memorial dos Mártires que deram a sua vida pelo país na guerra de libertação de 1971 foi o primeiro compromisso do Papa Francisco em terras bengalesas

Jackson Erpen - Cidade do vaticano

Ao deixar o Aeroporto de Daca, o Papa Francisco dirigiu-se ao Memorial Nacional dos Mártires de Savar (35 km à nordeste , de Daca), símbolo dos mártires que deram a sua vida pelo país na guerra de libertação de 1971.

O Pontífice foi acolhido por autoridades civis que o acompanharam até a base do monumento, onde estava presente a Guarda de Honra.

Francisco depositou flores no local, enquanto era tocada uma trombeta e a bandeira era posicionada a meio-mastro.

No local, o Papa também assinou o Livro de Honra e plantou uma árvore no “Jardim da Paz”.

O monumento projetado pelo arquiteto Syed Moinul Hossain foi inaugurado nos anos 80. Sua estrutura, formada por sete planos triangulares isósceles, de dimensões decrescentes. O ponto mais alto da estrutura alcança 45 metros.

Realizado em concreto, o monumento inclui também outras estruturas em tijolos vermelhos, se estendendo por 34 hectares, circundados por suas vez por outros 10 hectares de verde.

30 novembro 2017, 14:13