Cerca

Vatican News
Papa Francisco e freis franciscanos Papa Francisco e freis franciscanos 

Papa ressalta 800 anos da “aventura extraordinária” dos franciscanos na Terra Santa

“Este alargamento do horizonte de evangelização foi o início de uma aventura extraordinária, que levou oito séculos atrás os primeiros frades menores a desembarcarem em Acri”.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco enviou uma mensagem aos franciscanos, que estão celebrando 800 anos de presença na Terra Santa.

Para a ocasião, a Custódia organizou inúmeras iniciativas religiosas, pastorais e culturais para fazer memória do Capítulo realizado em 1217, quando São Francisco abriu a Ordem à dimensão “missionária e universal”, enviando os seus frades a todas as nações como testemunhas de fé, de fraternidade e de paz.

“Este alargamento do horizonte de evangelização foi o início de uma aventura extraordinária, que levou oito séculos atrás os primeiros frades menores a desembarcarem em Acri”, escreve o Papa.

Assíduos na contemplação e na oração, simples e pobres, prosseguiu Francisco, os franciscanos estão empenhados também no presente em viver na Terra Santa ao lado de irmãos de diferentes culturas, etnias e religiões, semeando paz, fraternidade e respeito.

“Não quero esquecer, além da custódia e da animação dos Santuários, o seu empenho a serviço da comunidade eclesial local”, ressalta o Papa, encorajando os franciscanos a perseveraram neste trabalhado a favor sobretudo dos mais pobres, dos jovens, idosos e enfermos, “vivendo concretamente no cotidiano as obras de misericórdia”.

O Papa renovou o mandato pontifício, unindo-se assim aos seus predecessores, a partir de Clemente VI, que com a Bula Gratias agimus confiou aos franciscanos a custódia dos Lugares Santos.

Francisco conclui sua carta citando o Santo de Assis, que exorta os irmãos pelo mundo “a não brigar e evitar as disputas de palavras; a não julgar os outros, mas a ser mansos, pacíficos e modestos, falando honestamente com todos”.

Entrevista

O Programa Brasileiro preparou uma série de reportagens para contar a história da presença franciscana na Terra Santa. O reitor e custódio da Basílica da Anunciação, em Nazaré, Fr. Bruno Varriano, narra a chegada dos primeiros frades e o contexto religioso e político que permitiu esta presença.

De modo especial, o frade brasileiro faz memória da viagem que o Santo de Assis realizou para dialogar com o Sultão Al-Malik al-Kamil, na época das cruzadas.

Ouça aqui:

Papa aos franciscanos
17 outubro 2017, 12:20