Versão Beta

Cerca

Palavra do dia

banner parola.jpg
Data 03 dezembro 2017

Leitura do Dia

Leitura do Livro do Profeta Isaías 63,16b-17.19b;64,2b-7

Senhor, tu és nosso Pai, nosso redentor;
eterno é o teu nome.
Como nos deixaste andar longe de teus caminhos
e endureceste nossos coraçðes 
para não termos o teu temor?
Por amor de teus servos,
das tribos de tua herança, volta atrás.
Ah! se rompesses os céus e descesses!
As montanhas se desmanchariam diante de ti.
Desceste, pois, e as montanhas se derreteram 
diante de ti.
Nunca se ouviu dizer nem chegou aos ouvidos de ninguém,
jamais olhos viram que um Deus, exceto tu,
tenha feito tanto pelos que nele esperam.
Vens ao encontro de quem pratica a justiça com alegria,
de quem se lembra de ti em teus caminhos.
Tu te irritaste, porque nós pecamos;
é nos caminhos de outrora que seremos salvos.
Todos nós nos tornamos imundície,
e todas as nossas boas obras são como um pano sujo;
murchamos todos como folhas,
e nossas maldades empurram-nos como o vento.
Não há quem invoque teu nome,
quem se levante para encontrar-se contigo,
escondeste de nós tua face
e nos entregaste à mercê da nossa maldade.
Assim mesmo, Senhor, tu és nosso pai,
nós somos barro; tu, nosso oleiro,
e nós todos, obra de tuas mãos.

Evangelho do Dia

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 13,33-37

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Cuidado! Ficai atentos,
porque não sabeis quando chegará o momento.
É como um homem que, ao partir para o estrangeiro,
deixou sua casa sob a responsabilidade de seus
empregados, distribuindo a cada um sua tarefa.
E mandou o porteiro ficar vigiando.
Vigiai, portanto, porque não sabeis
quando o dono da casa vem:
à tarde, à meia-noite, de madrugada ou ao amanhecer.
Para que não suceda que, vindo de repente,
ele vos encontre dormindo.
O que vos digo, digo a todos: Vigiai!'