Busca

Vatican News
O pedido pelo fim de sequestros no país O pedido pelo fim de sequestros no país 

Nigéria: três estudantes são mortos após sequestro de 94 alunos

O ataque é o terceiro sequestro em massa em três meses na região noroeste do país. As forças de segurança conseguiram salvar três professores e oito alunos até o momento, matando um dos sequestradores. O Papa Francisco tem rezado por aquela população e feito apelos contundentes pela Nigéria. Em fevereiro deste ano, ao final do Angelus, o Pontífice condenou a violência no país e recordou 317 estudantes sequestradas, confiando-as aos cuidados de Nossa Senhora.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

Três estudantes foram assassinados após o sequestro de 94 alunos e 8 funcionários de uma escola na Nigéria, afirmou neste domingo (20) Mustapha Yusuf, diretor da instituição que fica em Kebbi, Estado a noroeste do país. Duas meninas e um menino foram encontrados mortos, dois com ferimentos de bala nas pernas. Segundo informações da agência de notícias Reuters, as forças de segurança conseguiram salvar três professores e oito alunos até o momento, matando um dos sequestradores.

O diretor comentou que os sequestradores "têm se protegido sob os estudantes... Eles estão no mato", acrescentando que os bandidos tinham usado os telefones dos alunos para ligar para os pais e exigir um resgate de 60 milhões de nairas, um equivalente a mais de 145 mil dólares ($146.341). O sequestro aconteceu na última quinta-feira (17) quando um grupo de homens armados teria matado um policial e raptado os estudantes, segundo relatos da polícia, de moradores e de um professor.

A onda trágica de sequestros

O ataque é o terceiro sequestro em massa em três meses naquela região. Desde dezembro de 2020, já foram sequestrados mais de 800 alunos nigerianos nas escolas: alguns foram libertados e outros continuam desaparecidos. O norte do país tem registrado um forte aumento de sequestros com pedido de resgate desde o final do ano passado.

Mas, em 2014, por exemplo, causou indignação no mundo inteiro o caso das 276 estudantes de Chibok, no Estado de Borno, sequestradas pelo grupo terrorista Boko Haram. Apenas algumas dezenas delas conseguiram voltar às suas famílias apesar da mobilização internacional.

Papa: o apelo pela Nigéria

A apresentação das cartas credenciais de Paul Oga Adikwu ao Papa
A apresentação das cartas credenciais de Paul Oga Adikwu ao Papa

Francisco tem mostrado proximidade à população daquele país. Enquanto na manhã desta segunda-feira (21), o Papa recebeu as cartas credenciais de Paul Oga Adikwu para começar os trabalhos junto à Santa Sé como embaixador da República Federal da Nigéria, em fevereiro deste ano veio o apelo contundente ao final do Angelus. 

O Pontífice recordou as 317 estudantes sequestradas no estado de Zamfara, confiando-as aos cuidados de Nossa Senhora. Elas também teriam sido mantidas reféns numa floresta.

Na ocasião, o Papa se uniu à voz dos bispos do país e condenou o sequestro, afirmando: “rezo por essas meninas, para que logo possam voltar para casa. Estou próximo de suas famílias e delas. Peçamos a Nossa Senhora para que as proteja”, rezando em seguida uma Ave Maria.

21 junho 2021, 14:33