Busca

Vatican News
Gisele e o filho Lucas Gisele e o filho Lucas 

Pandemia: lições da maternidade e da renovação da vida

A Pandemia e o isolamento social deram condições para aumentar o tempo de convívio familiar. A professora Gisele Gonçalves compartilha da alegria de ser mãe neste momento que o Lucas é sinal de renovação da vida. Cuidar do filho e celebrar o dom de Deus e presente a família.

Ricardo Gomes – Diocese de Campos

A Pandemia provocou um cenário de mortes e o isolamento social teve um lado positivo de aumentar o tempo de convívio familiar. Gisele Gonçalves fala da alegria de ser mãe e neste momento encontra mais tempo para cuidar do filho Lucas Silva Gonçalves Barros. E neste tempo de incertezas e medo o filho renova a alegria de viver intensamente ao lado do esposo Rafael Barros o companheirismo e o amor.

"Ser mãe, sem dúvidas foi a maior emoção e experiência da minha vida. É sempre um desafio, mas vivemos estas emoções com muito amor e companheirismo, pois eu e meu esposo dividimos o amor e responsabilidade de sermos pais. Este ano de 2020 foi difícil para todos com a pandemia do coronavírus. A nossa vida acaba ficando mais complicada, são muitas atribuições. Nós aqui em casa somos professores e vivemos o desafio das aulas remotas. Não é fácil, sentimos falta dos espaços, das pessoas, dos amigos e principalmente da família. Neste momento, é importante nós estarmos firmes na fé, no respeito com o outro, no companheirismo e na bondade", relata Gisele.

Desafios de ser mãe e trabalhar

“Se uma gotinha de água no sol contém todas as cores do mundo,  o sorriso de Lucas contém todo o nosso amor e só faz crescer o desejo de vida em nossos corações.” Gisele Gonçalves.

A pandemia fez com que as atividades presenciais fossem interrompidas e Gisele passou a ter de dividir seu tempo entre as aulas, o cuidado da casa e do filho. Um desafio encontrar tempo para dividir emoções e alegrias de acordar com o filho sorrindo. A alegria supera todos os medos e incertezas deste tempo atípico. 

Lucas brincando
Lucas brincando

"Agradeço a Deus todos os dias por acordar com o sorriso do Lucas, o amor mais puro que conheci na minha vida. Ser mãe com amor e responsabilidade não é uma tarefa fácil,  mas quando se tem amor as dificuldades se tornam amenas. Este ano de 2020 foi complicado, eu e meu esposo tivemos grandes desafios de trabalhar em casa com um bebê pequeno. Somos professores e tentamos fazer o nosso trabalho da melhor forma possível, mesmo home Office. Lucas veio para nos mostrar o amor verdadeiro, a alegria. Cada desenvolvimento é motivo de comemoração. Ele chegou em nossas vidas para nos mostrar que a felicidade está nas pequenas coisas, um sorriso,  um abraço,  uma gargalhada. Ele só fortalece nossos laços e nos mostra que a vida pode ser pura e simples.  Hoje eu só quero agradecer.  Se uma gotinha de água no sol contém todas as cores do mundo, o sorriso de Lucas contém todo o nosso amor e só faz crescer o desejo de vida em nossos corações", observa.

Um sorriso que ilumina e renova a vida todos os dias

“A paternidade tem início no momento em que são assumidas as responsabilidades que cabem a esse propósito.” Rafael Barros.

Rafael Barros é pura alegria. E ao ser recebido pelo sorriso do Lucas a vida se renova e todos os desafios parecem ser superados pelo amor de poder cuidar do filho. Ver o Lucas crescendo é algo fantástico e maravilhoso.

Lucas com os pais
Lucas com os pais

"Onde começa a paternidade? Na concepção, diriam alguns. No nascimento, diriam outros. Contudo, quantos homens participam da concepção, mas nunca assumem seu papel de pai? Muitos sequer compartilham o momento do nascimento dos seus descendentes com as mães. Outros, nem sequer tomam conhecimento desse acontecimento. Reflexões como essas e as minhas próprias experiências me sugerem que, de fato, a paternidade tem início no momento em que são assumidas as responsabilidades que cabem a esse propósito", confidencia Rafael. 

Gisele e Lucas

Foto: Cristiano França

11 janeiro 2021, 14:09