Busca

Vatican News
Registro de oração contra a violência dos recentes protestos Registro de oração contra a violência dos recentes protestos 

Belarus: cristãos se unem em oração nesta terça-feira

O encontro para rezar um Pai-Nosso está marcado para às 18h na Europa, 13h no Horário de Brasília, desta terça-feira (18), “para que a verdade, a justiça e a paz prevaleçam", explica a nota divulgada pelo Comitê Executivo “Justiça e Paz” da Europa. O organismo também demonstra solidariedade ao apelo feito pelos bispos de Belarus para "buscar a verdade com base num diálogo pacífico e inclusivo entre a liderança política bielorrussa e a sociedade, a fim de evitar mais violência".

Vatican News

Uma iniciativa do Comitê Executivo “Justiça e Paz” da Europa, diante da atual situação vivida pela Belarus, convida “todos os cristãos a se unirem para rezar um Pai-Nosso pelo povo da Belarus nesta terça-feira, 18 de agosto, para que a verdade, a justiça e a paz prevaleçam". O encontro de oração está programado para às 18h na Europa, 13h no Horário de Brasília.

Após as eleições para presidente em 9 de agosto, de fato, milhares de manifestantes saíram às ruas para protestar contra a sexta reeleição de Alexander Lukashenko. Confrontos com policiais provocaram mortes, feridos e várias prisões. Em uma nota, a “Justiça e Paz” da Europa declarou que "a repressão aos direitos civis e às liberdades civis se intensificou. Essa situação alarmante representa uma séria ameaça à justiça e à paz não apenas em Belarus, mas em toda a região”.

A exortação pelo respeito aos direitos humanos

Parte daí a forte denúncia do organismo europeu contra "todas as formas de violência", "a firme condenação ao uso da tortura pelas autoridades contra os manifestantes detidos" e a exigência de "libertação imediata de todos aqueles que foram presos sem qualquer justificação". As autoridades do país são, portanto, exortadas a "aderir aos princípios democráticos e a respeitar plenamente os direitos humanos, incluindo o direito à vida, a proibição da tortura, a liberdade de reunião, de imprensa e de expressão".

A “Justiça e Paz” da Europa também apoia os esforços da União Europeia para que "trabalhe por medidas específicas contra os responsáveis pelas graves violações dos direitos humanos". A mesma solidariedade é dirigida aos bispos católicos de Belarus, que fizeram um apelo para "buscar a verdade com base num diálogo pacífico e inclusivo entre a liderança política bielorrussa e a sociedade como um todo, a fim de evitar mais violência".

17 agosto 2020, 10:33