Cerca

Vatican News
Logo do Parlamento universal dos jovens em Salamanca Logo do Parlamento universal dos jovens em Salamanca  

Parlamento universal dos jovens: tomar decisões juntos como caminho para a paz

No ultimo 3 de agosto, o Parlamento Universal da Juventude (PUG - Parlamento Universale della Gioventù) apresentou à Universidade de Salamanca, Espanha, o “Manifesto final” , que teve como principal objetivo e fio condutor, aprender a dialogar e tomar decisões juntos como caminho para a paz.

Cidade do Vaticano

Este manifesto foi o resultado do trabalho de três mil jovens "parlamentares" de 31 países, de diferentes tradições e confissões religiosas, que se reuniram durante uma semana em um ambiente rico e multicultural, graças também à presença de jovens de nacionalidade indígena andina e amazônica.

Construção da Paz

 

A comunhão contra o individualismo, a diversidade contra a uniformidade, a crise como oportunidade e a abertura à transcendência são, segundo o manifesto, algumas das bases para a construção de uma paz duradoura através da tomada de decisões em qualquer sector vital.

 

Comparando a paz a um edifício em construção, os jovens dizem que seus pilares, entre outros, são a prioridade dos processos imediatos, a riqueza da diversidade, o bem comum e a ajuda mútua. Tudo isto como condição necessária para que as decisões conjuntas resultem de relações e diálogos em torno da paz.

Técnica, ciência e paz

 

O Presidente da Fundação Fernando Rielo e os Missionários de Identes, padre Jesús Fernández, enviaram uma mensagem aos jovens reunidos em Salamanca, onde sublinham que o progresso científico e técnico não garante por si só a paz, mesmo que isso não seja possível sem ela; mas o que é necessário é atenção ao outro e o cuidado com planeta.

Padre Fernández, que cita Fernando Rielo, acrescentou: "Devemos saber que o amor é o motor da história, da ciência, da família e da paz".

Família e sociedade

 

Marta Simoncelli, coordenadora da Península Ibérica de Scolas Occurrentes, também afirmou que fóruns como este em Salamanca são expressões máximas de uma educação que inclui a família e a sociedade como um todo, sem a qual a paz não é possível. Simoncelli também explicou o fato de que o Manifesto visa construir pontes e difundir a cultura do encontro.
Humanismo das Bem-aventuranças

O bispo da diocese de Salamanca, Dom Carlos López Hernández, destacou a profundidade do Manifesto, porque indo além do aspecto sociológico e político, "reflete o humanismo das Bem-aventuranças, lembrando que o humanismo de Cristo é válido para todos os seres humanos".

Por isso, encorajou os jovens a não esquecerem que só através da paz interior, dom pascal e fruto da reconciliação que Cristo nos traz, é possível transmitir e construir a paz.
Depois da assinatura solene do Manifesto por todos os jovens, foi anunciado que a edição de 2021 será realizada em Quito (Equador) com o tema "Liberdade de pensamento, expressão e redes de comunicação".

Edições anteriores

 

As edições anteriores do Parlamento Universal da Juventude tiveram lugar em Roma (2009), na ONU em Nova Iorque (2010), na Universidade Humboldt em Berlim (2014) e em Pequim (2017).

Esta quinta sessão internacional foi organizada com a colaboração da Pontifícia Universidade de Salamanca, da Universidade Técnica Particular de Loja (Equador), da Pontifícia Universidade Católica do Equador (Ibarra e Santo Domingo), da Blanquerna-Universidade Ramón Llull, da Universidade Católica de Murcia e da Universidade "Francisco de Vitoria" de Madrid.

07 agosto 2019, 13:12