Busca

Vatican News

Designer brasileiro reconstroi rostos dos Mártires de Košice

Com o uso de tecnologia, Cícero Moraes já fez a reconstrução facial de 14 Santos e dois Beatos, entre as 60 reconstruções das quais participou. E há muitos projetos pela frente.

Jackson Erpen - Cidade do Vaticano

Hoje 400 anos após suas mortes, é possível saber agora como eram os rostos dos Três Mártires de Košice: Mark Krizin (nascido onde atualmente é a Croácia), Melchior Grodziecki SJ (de Sliezsko, atual Polônia) e Stephen Pongracz SJ (Transilvânia, atual Romênia), beatificados por São Pio X em 1905 e canonizados por São João Paulo II em 1995.

Isso graças ao trabalho realizado pelo brasileiro Cícero Moraes, designer-3D, em parceria com o antropólogo tcheco Jiři Šindelař, 3D-scanning, com quem Cícero já havia trabalhado na reconstrução facial de Santa tcheca Santa Zdislava:

Cícero explica o projeto

O projeto de reconstrução facial dos mártires de Kosice, foi organizado pelo arqueólogo Jiři Šindelař e também pelo arcebispo Bernard Bober, arcebispo de Kosice, por ocasião dos 400 anos da morte dos  - mártires. A história dos três mártires – São Marcos Krizin, São Melchior Grodziecki e São Stephanus Pongrac – remonta mais ou menos ao ano de 1619, onde houve uma revolta religiosa, na região onde hoje seria a República Tcheca, e havia estes três padres. Eles não mudaram seu rito religioso – a revolta era uma revolta calvinista, e acabaram sendo executados. Os três Santos foram executados e foram jogados no esgoto, segundo relatos históricos. Posteriormente os corpos foram recolhidos e foram mantidos em uma cidade húngara e há pouco tempo esses corpos foram exumados, onde o pessoal pode estudar antropologicamente cada uma das estuturas anatômicas”.

“A aparência de seus rostos corresponde a 90% do que eram na realidade”, explicou à Agência eslovaca News Now Jiři Šindelař. “Os 10% restantes resumem-se ao estilo do cabelo, à cor dos cabelos e à cor dos olhos, que são informações que não podem ser obtidas sem análises de DNA bem complicadas”.

Mártires na Guerra dos Trinta anos

 

“Em Stephen Pongracz, identificamos lesões no lado esquerdo do crânio, uma lesão que poderia ter sido causada por um esfaqueamento na cabeça e uma lesão na região do pescoço”, explicou por sua vez à mesma Agência Michaela Doernhoeferova, do Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Naturais da Universidade Comenius. 

“No entanto – ressalta - não identificamos claramente ferimentos em nenhum dos três, que sugeririam inequivocamente as causas de suas mortes. Presumimos, ao contrário, que eles sofreram lesões que debilitaram seus corpos e que eles morreram lentamente”. Algumas evidências no entanto – acrescenta - sugerem que Melchior Grodziecki tenha sido decapitado após a morte.

Os restos mortais dos três mártires estão armazenados em relicários em Trnava e Esztergom, na Hungria. A arquidiocese de Esztergom, em determinado momento do Reino da Hungria, englobava até 80% da Eslováquia.

Na carta de agradecimento enviada a Cícero em reconhecimento pelo seu trabalho, o arcebispo metropolita Dom Bernard Bober recorda os mártires “morreram durante o turbulento período em nossa história com a erupção da Guerra dos Trinta anos”. Naquela época, houve muitas batalhas envolvendo a Coroa e religiões na Hungria.

“Eles foram cruelmente assassinados na noite de 7 de setembro de 1619, aqui em Košice”, precisa o arcebispo, acrescentando que por “quase 40 anos, todo o presbitério de Kosice reuniu-se em sua festa para se inspirar em seus exemplos. Eles são importantes para nós como padroeiros celestes, embora nenhum deles fosse eslovaco”. De fato, na arquidiocese de Košice há seis igrejas dedicadas aos Três Santos Mártires.

A técnica

 

Cícero Moraes, explicou ao Vatican News o procedimento usado para as reconstruções faciais:

Cícero conta a técnica usada para as reconstruções

"A reconstrução facial inicia a partir do momento que eu recebo os crânios digitalizados em 3D. No caso dos Santos, esses crânios foram digitalizados a partir de fotogrametria. A grosso modo é uma técnica que a partir de várias fotos você consegue digitalizar um objeto em 3D ou scanear um objeto em 3D. A partir do momento em que eu recebo estes crânios, eu distribuo neles alguns pinos – que são chamados de marcadores de espessura de tecido mole – e esses pinos funcionam mais ou menos como aqueles níveis que o pedreiro coloca, quando vai fazer um piso. Então ele distribui esses níveis, solta a massa e o piso fica reto. No nosso caso, esses pinos, esses níveis, tem alturas diferentes e nós distribuímos no crânio. Cada altura do crânio tem uma altura específica, que foi levantada a partir de centenas ou até milhares de indivíduos. Então, um especialista faz uma análise, ou por ultrassom ou por tomografia computadorizada em centenas de pessoas, nós pegamos esta média da altura da pele, dos músculos, da gordura naquele local e colocamos este pino. Colocamos posteriormente os músculos principais, para ter uma ideia da estrutura, e por fim, colocamos uma massa digital na qual nós fazemos uma escultura digital. Uma vez finalizada a escultura, nós fazemos a pigmentação da pele, colocamos o cabelo, e por fim a indumentária, ou seja, as roupas dos indivíduos".

Novos projetos

 

Mas o trabalho não para por aí. Com um reconhecimento internacional cada vez maior, há novos projetos e desafios para o Cícero:

A gratidão de Cícero!

Sinto-me lisonjeado por poder participar de mais este projeto, pela confiança depositada na minha pessoa, novamente uma parceria com o arqueólogo Jiři Šindelař, nós já havíamos trabalhado em outros projetos de reconstrução facial, na República Tcheca, em especial a reconstrução facial de Santa Zdislava e nós temos outros projetos em vista, alguns projetos históricos, outros projetos de reconstrução religiosa. Já são mais de 60 reconstruções que eu participei. Agora somam-se a estas reconstruções mais estes três mártires. Então já reconstruí 14 Santos católicos e dois Beatos, e já tem mais alguns à vista e espero estar à altura novamente deste trabalho, cooperando com o resgate histórico e a celebração destas figuras que foram muito importantes nos seus tempos”.

Reconstruções faciais dos três Santos Mártires

 

26 abril 2019, 17:26