Cerca

Vatican News

Maratona de Roma: condicionamento físico e espiritual

A cidade de Roma acolheu no domingo (07/04) a 25a Maratona Internacional. Padre Tales Pagot, da Arquidiocese de Porto Alegre, acompanha um grupo do Brasil e fala como a preparação à corrida pode nos recordar de nossa preparação espiritual, de modo especial neste período da Quaresma.

Padre Arnaldo Rodrigues

Padres, Jovens, crianças e famílias inteiras participam deste momento de esporte que exige preparação e disciplina. Do Brasil, alguns corredores falaram ao Vatican News sobre o objetivos, preparação, saúde, amizade e como se pode comparar uma maratona, que exige condicionamento físico com a nossa maratona espiritual.

Ouça a reportagem completa

O casal Poema Fornos e Marcos Vinícius, que pertence ao grupo Action Run, participa da maratona de Roma com seus dois filhos. Poema destacou que esta maratona é uma das mais importantes do mundo e como corredores das outras, não poderiam deixar de marcar presença na Cidade Eterna.

Marcos Vinícius disse que para estar em uma maratona como esta exige-se algumas renúncias, treinamento dia após dia, com muita disciplina, reguladas e planejadas. “Viemos para Roma também para utilizar dos benefícios, que eu chamo sociais e culturais que a corrida também proporciona. Além de conhecer um pouco mais o país, um pouco mais a cultura, aproveitamos este desafio de 42 km para nos dedicar, treinar e cuidar da saúde e da alimentação”, afirmou.

Rodrigo Marsillia, amigo da família e participante pela primeira vez da maratona, destaca a importância do apoio do grupo na preparação da corrida e na constante busca para manter a saúde física e espiritual.

Preparação espiritual

Padre Tales Pagot, da Arquidiocese de Porto Alegre, que acompanha o grupo na corrida, fala como a preparação à maratona pode nos recordar de nossa preparação espiritual, de modo especial neste período da quaresma:

“ Participar de uma maratona requer não só condição física e de saúde, mas uma preparação espiritual. A corrida é um dos esportes que você faz praticamente sozinho, é você e os muitos quilômetros que tem pela frente. A concentração e o equilíbrio interior têm que ser grande. É um conjunto que contribui não só para a saúde, mas para o crescimento espiritual também. A maratona agrega porque é uma superação de muitos limites. ”

A 25º Maratona Internacional de Roma contou 10.000 corredores inscritos, vindos de toda Itália e de 88 nações.

07 abril 2019, 09:36