Cerca

Vatican News
Jovens e famílias abandonam o país em busca de segurança Jovens e famílias abandonam o país em busca de segurança  (2019 Getty Images)

UNICEF: em Honduras a violência causa a morte de um menor por dia

Segundo um dos últimos comunicados do UNICEF, em Honduras morre um menor de 18 anos por dia por causa da violência

Cidade do Vaticano

A Diretora Geral do Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, Henrietta Fore, informou que em Honduras, todos os dias morre um menor de 18 anos por causa da violência: um dado alarmante – afirmou – para um país que não está envolvido em nenhuma guerra.

Ouça e compartilhe

Apesar dos esforços para reduzir a violência e proteger os cidadãos, as gangues aterrorizam os bairros de todo o país, ditando para os jovens uma escolha impossível: unir-se a eles ou morrer.

Abandono escolar

 

Neste sentido o Unicef informa que mais de 500 mil jovens em idade escolar secundária não frequentam as aulas, o que equivale a 1 de cada 2 em idade do ensino fundamental e 2 de cada 3 em idade do ensino médio.

Com muita frequência, o abandono escolar é a única maneira que os jovens têm para fugir das ameaças, das agressões e recrutamento forçado das quadrilhas, particularmente no trajeto que fazem para ir à escola ou no regresso em zonas controladas pelas mesmas.

Migração obrigatória

 

A violência unida à pobreza e a falta de oportunidades educativas está levando milhões de crianças e famílias a abandonar seus lares. Sem acesso à proteção e à rotas seguras de migração, a maioria sente-se obrigada a empreender caminhos perigosos onde correm risco de sofrer violência, exploração e abusos.

Estas crianças e jovens precisam de mudanças reais na educação, proteção e outros serviços que possam ajudar a guiá-los para um futuro mais promissor, reduzindo ao mesmo tempo algumas das causas que os levam a fugir.

Segundo o UNICEF “se não forem abordadas as causas profundas da migração, as crianças e as famílias continuarão a empreender essas viagens perigosas em busca de um futuro”, é fundamental a necessidade de financiar programas que acabem com a violência, ajudem a desenvolver competências e criem oportunidades de educação, para que as crianças possam crescer em ambientes nos quais possam construir seu futuro, em casa.

05 abril 2019, 12:22