Busca

Vatican News
Crianças em zonas de conflito Crianças em zonas de conflito  (ANSA)

Síria: violência e inundações aumentam risco de vida

Cerca de 10 mil crianças estão fugindo das inundações; a agência da ONU apela às partes do conflito que protejam as crianças; falta de abrigos seguros aumenta o risco de vida. Com o aumento da escalada da violência no noroeste da Síria, o Unicef recebeu relatos alarmantes de que 80 pessoas morreram, incluindo uma criança.

Cidade do Vaticano

As chuvas de 26 de dezembro causaram grandes inundações na Síria, que afetaram 10 mil crianças em Atmeh, Qah, Deir Ballut, Albab, Jisr Ashughur, entre outras áreas. Expostas ao clima rigoroso de inverno e a temperaturas muito baixas, o Unicef alerta para o risco de vida destas crianças.

A agência da ONU avisa ainda que o número de meninas e meninos afetados poderá aumentar com o agravamento do clima invernal e a escalada dos confrontos.

Ouça e compartilhe

Escalada de violência

Com o aumento da escalada da violência no noroeste da Síria, o Unicef recebeu relatos alarmantes de que 80 pessoas morreram, incluindo uma criança. Muitas famílias estão fugindo de suas casas à medida que o conflito se intensifica. Sem lugar para ir, muitos refugiam-se em campos superlotados que abrigam famílias deslocadas.

O diretor regional do Unicef no Oriente Médio e Norte da África, Geert Cappelaere, afirmou que o sofrimento das crianças no noroeste da Síria aumentou “devido à recente escalada de violência, às condições climáticas adversas e à falta de refúgios seguros.”

Assistência humanitária

O Unicef apela a todas as partes em confronto que protejam as crianças “em todos os momentos” e permitam que “os trabalhadores humanitários cheguem às crianças e às famílias mais carentes.” A Assistência humanitária não cessa, juntamente com os seus parceiros no terreno o Unicef continua a responder às crescentes necessidades das crianças e respectivas famílias.

Na quinta-feira (03/01), foram enviados 13 camiões com roupas de inverno, combustível para aquecimento, mantimentos e tendas para salas de aula temporárias. Os parceiros do Unicef no terreno também estão avaliando as necessidades de saúde, de nutrição e de saneamento para prevenir surtos de doenças.

 

04 janeiro 2019, 12:30