Cerca

Vatican News
Francisco Ribeiro Telles, nuovo segretario-esecutivo di CPLP Francisco Ribeiro Telles, nuovo segretario-esecutivo di CPLP 

Francisco Ribeiro Telles é o novo secretário-executivo da CPLP

É a primeira vez, em 22 anos de história da CPLP, que Portugal assume o secretariado-executivo, o principal órgão executivo da organização lusófona.

Domingos Pinto – Lisboa

O embaixador português Francisco Ribeiro Telles tomou posse no passado dia 15 de dezembro, em Lisboa, como secretário-executivo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), sucedendo no cargo a Maria do Carmo Silveira.

Francisco Ribeiro Telles, que tem um percurso de 16 anos à frente da diplomacia portuguesa em países da CPLP, era embaixador de Portugal em Itália, e assume a pasta para o biénio de 2019 e 2020.

A sua eleição para o cargo de secretário-executivo teve lugar na XII conferência de chefes de Estado e de Governo da CPLP, em julho de 2018, em Cabo Verde.

A cerimónia da tomada de posse decorreu na sede da organização na capital portuguesa, e contou com a presença de chefes de Estado, Ministros dos Negócios Estrangeiros e embaixadores de diversos países da lusofonia, com destaque para a intervenção do Presidente da Cabo Verde e Presidente em exercício da CPLP, Jorge Carlos Fonseca.

“Cabo Verde elegeu como eixo central da sua Presidência ‘pro tempore’ da CPLP as pessoas, a cultura e os oceanos”, explicou Jorge Carlos Fonseca que reafirmou a importância da Língua Portuguesa como “elemento estruturante da CPLP”.

Um objetivo sublinhado também pelo novo secretário-executivo da organização, que defende o reforço de meios para que o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) possa desempenhar a sua missão.

As questões da mobilidade dos cidadãos, a dimensão económico-empresarial da CPLP, a aposta em parcerias tendo em conta a projeção internacional da organização, e ainda a aposta nos oceanos, que poderá passar pela criação de um centro de estudos marítimos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, são grandes prioridades apontadas pelo novo secretário-executivo da CPLP.

Ouça e compartilhe!

 

 

 

 

 

17 dezembro 2018, 13:26