Versão Beta

Cerca

Vatican News
Wim Wenders e Papa Francisco em seu aniversário de pontificado Wim Wenders e Papa Francisco em seu aniversário de pontificado  

Papa Francisco. Um homem de palavra nas telas cinematográficas italianas

Segundo a Associação Católica de Expositores de Cinema (Acec), o documentário, apresentado no Festival de Cannes, poderá ser visto nas telas cinematográficas italianas.

Cidade do Vaticano

A partir desta quinta-feira (04/10), festa de São Francisco de Assis, até o próximo dia 8, será possível ver “Papa Francisco. Um homem de palavra”, documentário do cineasta alemão Wim Wenders sobre o Santo Padre.

Segundo a Associação Católica de Expositores de Cinema (Acec), o documentário, apresentado no Festival de Cannes, poderá ser visto nas telas cinematográficas italianas.

Segundo uma nota da Agência Sir, o filme “é um obra sobre as palavras fundamentais que as ideias do Papa Francisco permitem promover: gentileza, inclusão, humorismo, solidariedade, laços familiares, paz, proteção do ambiente, sobriedade e justiça”.

A espiritualidade do Papa Francisco

A espiritualidade, entendida como relação com o Divino, que o Papa transmitiu a Wenders, é um remédio para qualquer vida. Por isso, o filme será exibido a fim de difundir uma mensagem simples e profunda, mas com elegância estética e referências à origens franciscanas do pontificado de Bergoglio”, ressalta a associação católica na nota.

“Desde o início”, declarou Wenders numa entrevista à Rádio Vaticano Itália, “Papa Francisco. Um homem de palavra”, deveria ser, mais que um filme tradicional biográfico, uma viagem pessoal com o Papa Francisco”.

Quem teve a ocasião de assistir ao filme, fará a mesma viagem pessoal com o Pontífice, todos, crentes ou não.

Livres de preconceitos, com o olhar do Papa que perscruta com ternura dentro de cada um de nós, encontraremos os anjos que nos acompanham, aqueles que formam o sorriso de Francisco, aqueles que ajudam os pobres, os últimos, restituindo-lhes a força que lhes foi roubada, através do homem de palavra que nunca os abandona.

Ouça a reportagem
03 outubro 2018, 13:51