Versão Beta

Cerca

Vatican News
Kerala- inundações Kerala- inundações  (AFP or licensors)

Inundações sem precedentes em Kerala: a ajuda da Igreja

Igreja indiana na linha de frente nestas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala é abalado por violentas e abundantes chuvas. Dezenas de mortos, centenas de pessoas deslocadas e a situação de saúde é difícil.

Silvonei José , Gabriella Ceraso – Cidade do Vaticano

Sobe a 234 o número de vítimas causadas pelas inundações das últimas horas no Estado de Kerala, no sul da Índia, enquanto o perigo de chuvas torrenciais se desloca para outras áreas do país. Mais de 200 mil pessoas deslocadas encontraram abrigo em acampamentos temporários com a ajuda da Marinha e do Exército, que, entretanto continuam as operações de busca de vítimas.

Dor da Igreja

Profunda a dor expressa em uma declaração pela Conferência Episcopal Católica da Índia (CBCI) pela "perda de vidas humanas e pelos danos às culturas, casas, animais e bens" causadas por estas "inundações sem precedentes", uma " enorme catástrofe natural". Os bispos também exprimem toda a sua "proximidade" às famílias das vítimas, aos feridos e àqueles que sofrem, e apreciam o "trabalho rápido e efetivo de socorro realizado pelas autoridades governamentais locais e estaduais".

Solidariedade e ajuda

Nas palavras dos bispos, um agradecimento especial às autoridades pela exemplaridade com que manifestaram - escrevem - "solidariedade e ajuda, para além das divisões políticas e da pertença religiosa ou de classe". Na primeira linha nos esforços de socorro, está a própria Igreja que faz saber que abriu em várias dioceses, escolas eclesiásticas, paróquias e outros edifícios, para acolher pessoas deslocadas e de ter começado a distribuição de alimentos, roupas e outros materiais de socorro para enfrentar uma situação de saúde que parece dramática.

Também as Instituições salesianas em Kerala central ficaram inundadas. "Não somos capazes de fazer nada por causa da chuva incessante", disseram os salesianos que trabalham na região.

Kerala, famosa por suas praias imaculadas e plantações de chá, é atravessada todos os anos pelas monções, mas este ano as chuvas foram particularmente violentas.

17 agosto 2018, 11:23