Versão Beta

Cerca

Vatican News
Conflito África Central Conflito África Central  (AFP or licensors)

África Central: 16 mortos por violência religiosa. Morto também um padre

Homens armados levaram ontem, 01 de maio, ao caos a capital Bangui: Igreja de Nossa Senhora de Fátima atacada com bombas na hora da missa. Morto também o sacerdote. O balanço de mortos e feridos ainda é provisório.

Cidade do Vaticano

Conflito em Bangui

São pelo menos 16, e entre este um padre católico, as pessoas que foram mortas em uma onda de ataques de violência armada que ontem, 01 de maio,  atingiram a Igreja Catolica, onde foram jogadas bombas durante a missa na Igreja de Nossa Senhora de Fátima na capital da Republica Centro-Africana, Bangui. Assim informaram a ONU, fontes hospitalares e a Ong Médicos sem Fronteiras.

Em Bangui, nesta Igreja de Nossa Senhora de Fátima – assim informaram fontes locais e sites de informações religiosas – estavam reunidos centenas de fiéis para celebrar a festa do Patrono São José.

Improvisadamente apareceram , durante a missa, rebeldes armados que começaram a jogar granadas. O número de vítimas e feridos são ainda provisórios. A Igreja de Notre Dame, na capital centro-africana, já tinha sido atacada em maio de 2014. O prédio de culto se encontra muito próximo ao quarteirão PK5, o enclave muçulmano frequentemente e no centro dos confrontos.


 

02 maio 2018, 11:13