Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Preparativos para a chegada do Papa Preparativos para a chegada do Papa  (AFP or licensors)

Chile: presidente destaca colaboração de voluntários em visita do Papa

Faltando menos de 20 dias para a chegada de Francisco ao Chile, intensificam-se os preparativos com a ajuda de cerca de 19 mil voluntários nas três cidades que serão visitadas pelo Papa.

Cidade do Vaticano 

A presidente chilena, Michelle Bachelet, recebeu esta semana no Palácio La Moneda um grupo de jovens voluntários que desempenharão "um papel chave" na visita do Papa Francisco ao país, entre 15 e 18 de janeiro próximo.

Bachelet afirmou que a vinda do Pontífice ao Chile será "um espaço de encontro e de reflexão para o mundo católico", e também "para todo o país".

Em seu pronunciamento, Bachelet disse ainda que o país volta a receber a visita de um Papa depois de quase 31 anos, desde a viagem de João Paulo II em 1987. E por isso mesmo, se trata de um evento "muito significativo e importante para um grande número de chilenos e chilenas".

Preparativos

A comissão nacional para a visita de Francisco divulgou que cerca de 19 mil pessoas se inscreveram para colaborar como voluntárias para acolher o Papa em suas passagens pelas cidades de Santiago, Iquique e Temuco.

Os organizadores anunciaram que estão sendo definidos os últimos detalhes, como a elaboração de ornamentos, ensaios de corais e a construção de altares.

600 mil hóstias

Faltando menos de 20 dias para a chegada de Francisco, a tarefa é confeccionar 600.000 hóstias e edificar 4.500 metros quadrados de altares, em que concelebrarão com o Papa centenas de sacerdotes  e bispos nas três cidades incluídas no programa papal.

Além das atividades pastorais, estão previstos um encontro privado entre o Papa e a presidente Bachelet e um ato ecumênico na sede do Executivo.

Chile prepara-se para receber o Papa Francisco
29 dezembro 2017, 09:13