Busca

Vatican News

Dia Mundial das Missões no Reino Unido: ao lado dos cristãos que sofrem violência

Um dos contextos que o Dia Mundial das Missões no Reino Unido irá financiar se encontra na Nigéria. Trata-se de um projeto que a fundação Missio vem apoiando há anos em um país continuamente abalado pela violência, com mortes, mutilações e destruição de propriedades. "O Dia Mundial das Missões é a expressão da solidariedade que nasce do ser a Igreja una, santa, católica e apostólica", afirma o diretor nacional de Missio na Inglaterra e País de Gales, padre Anthony Chantry

Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe!

A Igreja católica celebra este domingo, 24 de outubro, o Dia Mundial das Missões, o único dia do ano em que toda a comunidade global se reúne em apoio à missão. Como ressalta a página web da Conferência Episcopal da Inglaterra e País de Gales, o evento é coordenado por Missio - fundação oficial da Igreja para a missão no exterior - e nos oferece um momento especial de graça para expressar solidariedade com nossos irmãos e irmãs em Cristo que vivem em situações de pobreza, violência e opressão.

O tema que o Santo Padre escolheu este ano, extraído dos Atos dos Apóstolos, é: "Não podemos deixar de afirmar o que vimos e ouvimos" (At 4 20). De fato, em sua Mensagem para o Dia Mundial das Missões, o Papa Francisco diz:

"Quando experimentamos a força do amor de Deus, quando reconhecemos a sua presença de Pai na nossa vida pessoal e comunitária, não podemos deixar de anunciar e partilhar o que vimos e ouvimos. A relação de Jesus com os seus discípulos, a sua humanidade que nos é revelada no mistério da Encarnação, no seu Evangelho e na sua Páscoa mostram-nos até que ponto Deus ama a nossa humanidade e assume as nossas alegrias e sofrimentos, os nossos anseios e angústias."

Dia Mundial das Missões, expressão de solidariedade

Por sua vez, o diretor nacional de Missio na Inglaterra e País de Gales, padre Anthony Chantry, diz: "Celebrar o Dia Mundial das Missões é muito importante e relevante nestes tempos. Se quisermos superar todos os nossos problemas globais atuais mais fortes em nosso compromisso com Jesus e a vinda de seu Reino de paz e justiça, precisamos trabalhar juntos, ajudando e apoiando uns aos outros no mundo inteiro. O Dia Mundial das Missões é a expressão da solidariedade que nasce do ser a Igreja una, santa, católica e apostólica".

Um dos contextos que o Dia Mundial das Missões no Reino Unido irá financiar se encontra na Nigéria. Trata-se de um projeto que a Missio vem apoiando há anos em um país continuamente abalado pela violência, com mortes, mutilações e destruição de propriedades.

Aí, em 2010, as Irmãs de Nossa Senhora dos Apóstolos fundaram o Conselho Inter-Religioso das Mulheres em Kaduna, norte do país africano, que incentiva as mulheres de diferentes credos a trabalharem juntas para construir a paz através de programas de formação que as capacitam e contribuem para a cura e reconciliação em suas comunidades.

"Quando se forma uma mulher, se forma uma nação"

A Irmã Verônica lidera o Conselho desde 2019: "Quando se forma uma mulher, se forma uma nação. Nós as unimos como mulheres e construímos a paz. Toda religião fala de amor, não há religião que fale de guerra", é seu testemunho.

Uma mulher cristã que foi pessoalmente atingida pela violência é Rachel, de 23 anos: sua família vivia em uma vila que foi atacada; seu filho foi morto e ela ficou com o braço esquerdo mutilado.

"Quando penso naqueles que mataram meu filho, se ainda estão vivos, rezo por eles", diz hoje Rachel, que, com o apoio do Conselho Inter-Religioso das Mulheres, está reconstruindo sua vida e tentando se curar através do perdão.

Vatican News – RB/RL

22 outubro 2021, 11:28