Busca

Vatican News
Cerimônia de posse do novo Patriarca neste domingo Cerimônia de posse do novo Patriarca neste domingo 

Novo Patriarca dos armênio-católicos: coloco-me a serviço do Líbano que sofre

A cerimônia de entronização do novo Patriarca da Cilícia dos Armênios teve lugar na Catedral de São Gregório Iluminador - São Elias de Beirute. “Com a Providência Divina, podemos superar todos os sofrimentos do presente”, disse Raphaël Bedros XXI Minassian em sua homilia.

Robert Attarian – Beirute

É em um Líbano dilacerado, exausto, onde a crise econômica se somou à crise política e depois à crise da saúde, onde falta de tudo, que no domingo, 24 de outubro de 2021, teve lugar a cerimônia de posse do Patriarca da Cilícia dos Armênios Católicos, Sua Beatitude Raphaël Bedros XXI Minassian, eleito sucessor do Patriarca Krikor Bedros XX, falecido aos 94 anos em maio passado.

Eleito em 23 de setembro de 2021 durante o Sínodo dos Bispos da Igreja Armênia Católica convocado pelo Santo Padre em Roma, de acordo com o Código canônico, com a cerimônia deste domingo, o recém-eleito Patriarca assume oficialmente todas as suas funções e poderes para exercer seu ministério a serviço da Igreja Católica Armênia.

 

Na carta entregue ao Papa Francisco durante o encontro com os bispos armênio-católicos em Roma, Sua Beatitude Raphaël Bedros XXI Minassian destacou querer assumir esta responsabilidade "para servir a Igreja com todas as minhas forças", e como Pai, "para cuidar de suas necessidades, apesar das minhas humildes possibilidades, confiando nisto na Misericórdia de Cristo que nunca nos deixa sós”.

Presentes na cerimônia, entre outros, o representante do presidente da República libanesa, o patriarca maronita cardeal Béchara Boutros Raï, o patriarca da Igreja Melquita Sua Beatitude Youssef Absi, bispos representando os patriarcas Aram I e Karekin II, o presidente do União de Igrejas Evangélicas armênias no Oriente Médio, o embaixador da Armênia no Líbano Vahakn Atapekian, representantes do Governo da Armênia e do Líbano e muitos representantes do mundo civil, bem como fiéis da Igreja Armênio-Católica.

A cerimônia de entronização tem origens muito antigas e dela fazem parte cânticos, orações, invocações que se sucedem, onde as súplicas recitadas pelos bispos da Igreja Armênia se alternam com as do povo fiel de Deus, para invocar as graças divinas para o Patriarca recém-eleito.

Momento do rito de posse do Patriarca Raphael Bedros XXI MInassian
Momento do rito de posse do Patriarca Raphael Bedros XXI MInassian

O solene rito da entronização foi celebrado no início da Santa Missa, quando o candidato foi apresentado ao povo, enquanto o arcebispo mais idoso lhe pediu que pronunciasse a profissão de fé e a tomada de posse das responsabilidades de seu novo ministério.

Às orações e invocações seguiu-se o momento mais importante da cerimônia, o rito da entronização celebrado com gestos simples, mas com um significado muito profundo. Depois das leituras litúrgicas, os bispos co-celebrantes colocam sobre a cabeça do Patriarca um pano dourado que representa a força eclesial que vem do Espírito Santo, como proteção para sua nova missão.

É entregue então o bastão patriarcal e dois bispos conduzem o novo Patriarca à Cátedra Patriarcal, onde o fazem sentar e dado o sinal da paz um ao outro, enquanto os sinos da Catedral começam a tocar em júbilo, em anúncio da boa nova.

O rito da entronização foi seguido pela Santa Missa presidida por Sua Beatitude, Raphaël Bedros XXI Minassian, que na sua homilia dirigiu palavras de agradecimento em primeiro lugar ao Papa Francisco que "confirmou a minha eleição", depois aos bispos do Sínodo da Igreja Armênio- Católica, que “me confiou o grande peso do Catholicosato, que levaremos adiante para a salvação dos nossos fiéis”.

O Patriarca agradeceu a todos os presentes, confiando-se à sua oração, para depois recordar que foi nesta catedral que havia recebido a sua ordenação sacerdotal.

“Ontem no início do meu sacerdócio, aqui no Líbano, havia uma guerra civil, e hoje, no início do meu Patriarcado, volto aqui, na sempre verde Pátria dos cedros, para compartilhar com os meus irmãos e irmãs, todas as tribulações e sofrimentos em que vive o povo. Porém, como fomos capazes de superar os desafios do passado e todos nós sobrevivemos juntos, estou certo que com a Divina Providência, poderemos também superar todos os sofrimentos do presente”, sublinhou Sua Beatitude Raphaël Bedros XXI, que no final da homilia evoca a figura de Cristo, o Bom Pastor, que conhece os seus e os ama, exortou a todos a buscar nele abrigo com a intercessão de Sua Santíssima Mãe, “para que - concluiu - nos ajude a enfrentar este difícil período da nossa vida".

Catedral de São Gregório Iluminador  - Santo Elias, em Beirute
Catedral de São Gregório Iluminador - Santo Elias, em Beirute
24 outubro 2021, 11:23