Busca

Rumo ao Sínodo
Vatican News

Irlanda. Arquidiocese de Armagh convida os fiéis a participar do caminho sinodal

O objetivo do processo sinodal, que se articulará até 2023 com o tema "Por uma Igreja Sinodal: comunhão, participação, missão", é envolver o maior número possível de pessoas para "colher as ideias e a sabedoria de todos os batizados" e discernir "o que o Espírito Santo está nos dizendo neste momento crítico de nossa história", lê-se na mensagem pastoral da Arquidiocese de Armagh. É importante que este processo sinodal seja inclusivo. "Ninguém está excluído. Todos estão convidados a participar"

Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe!

"Encorajamos vocês a se unirem a nós ao respondermos ao chamado do Papa Francisco e iniciarmos o caminho sinodal": assim escrevam em uma mensagem pastoral aos fiéis de Armagh, na Irlanda, o arcebispo da arquidiocese, dom Eamon Martin, o bispo auxiliar, dom Michael Router, e o grupo que estará envolvido no caminho sinodal aberto no domingo, 17 de outubro, em todas as dioceses, em comunhão com os trabalhos iniciados em 10 de outubro em Roma pelo Papa Francisco.

O objetivo do processo sinodal, que se articulará até 2023 com o tema "Por uma Igreja Sinodal: comunhão, participação, missão", é envolver o maior número possível de pessoas, especifica a mensagem, para "colher as ideias e a sabedoria de todos os batizados" e discernir "o que o Espírito Santo está nos dizendo neste momento crítico de nossa história".

Superar as divisões e caminhar juntos

"Desenvolver uma maior 'comunhão' não se trata de esperar que todos sejam iguais, mas de superar as divisões e caminhar juntos, compartilhando um caminho comum", continua a mensagem, acrescentando que também na Arquidiocese de Armagh existe uma grande variedade de paróquias, movimentos e comunidades.

"Vivemos hoje em um ambiente secular muito desafiador, onde, infelizmente, muitas pessoas não conhecem a alegria de encontrar, crer e seguir Jesus Cristo", observam dom Martin e seus colaboradores.

Processo sinodal é inclusivo, todos convidados a participar

"Alguns perderam o sentido de fazer parte da Igreja e outros, por várias razões, podem sentir que não querem mais ser envolvidos. É importante, portanto, que este processo sinodal seja inclusivo (...). Ninguém está excluído. Todos estão convidados a participar."

A mensagem continua dizendo que os leigos têm uma missão especial no testemunho do Evangelho porque são "chamados a agir no seio da humanidade para fazer de modo que o Reino de Deus seja vivido em cada contexto social" e se conclui especificando que os trabalhos sinodais incluirão questionários dirigidos a todos, reflexões e aprofundamentos on-line ou em plataformas de mídia social e uma síntese final a ser enviada ao Sínodo dos Bispos.

Vatican News – TC/RL

19 outubro 2021, 13:52