Busca

Rumo ao Sínodo
Vatican News

Diocese de Caxias do Sul abre fase local do Sínodo dos Bispos

Com a Celebração Eucarística no domingo, 17 de outubro, bispos de todo o mundo iniciaram o caminho de escuta e discernimento nas Igrejas locais, como preparação para a Assembleia do Sínodo dos Bispos de 2023.

*Por Felipe Michelon Padilha

A Diocese de Caxias do Sul deu início na tarde deste domingo, 17 de outubro, à fase local do Sínodo dos Bispos 2021-2023, convocado pelo Papa Francisco. O ato teve lugar durante a Missa das 15h, no Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha.

A celebração, em unidade com as dioceses do mundo todo, reuniu representantes das regiões de Pastoral da Diocese de Caxias do Sul, em comunhão com o bispo diocesano, dom José Gislon. Ao final da Missa, a equipe encarregada de trabalho e os padres coordenadores das regiões foram abençoados e receberam uma vela com a identidade visual do Sínodo e o material impresso, preparado pela Coordenação de Pastoral da Diocese.

Iniciado pelo Papa Francisco em Roma, no domingo, 10 de outubro, o Sínodo se estende até outubro de 2023 e irá tratar sobre a “sinodalidade” eclesial. A palavra vem do grego e, em tradução simples, é traduzida como “caminhar juntos”. Portanto, a Igreja irá discutir sobre três palavras-chave: participação, comunhão e missão, a partir do tema: “Por uma Igreja sinodal”.

 

Em sua homilia, dom José Gislon falou sobre a importância deste que é o maior acontecimento da Igreja Católica no mundo todo desde o Concílio Vaticano II. “Como Igreja comunidade de fé, que se coloca na escuta de Deus, e acolhe os sinais dos tempos com o sopro do Espírito Santo, iniciamos neste Mês Missionário um longo caminho de preparação para o Sínodo da Igreja. Será um tempo de escuta, reflexão, oração e comunhão, marcado pela esperança. Como nos recorda o Papa Francisco: ‘O caminho da sinodalidade é precisamente o caminho que Deus espera da Igreja do terceiro milênio.’ É um tempo da graça de Deus e do Espírito Santo”, pontuou.

Fase Diocesana do Sínodo 2021-2023

 

Realizada a abertura e o envio da equipe responsável em dinamizar o Sínodo nas Regiões de Pastoral, que englobam as 73 paróquias e quase mil comunidades da Diocese, inicia o processo de formação e instrução para a equipe. Nos dias 21 e 27 de outubro, serão realizados encontros de aprofundamento sobre a temática da sinodalidade com os representantes do Conselho Diocesano de Leigos e Leigas.

Durante o mês de novembro, nas paróquias e comunidades, serão realizados encontros para conversar sobre o Sínodo. A partir do impresso, por meio de três QR Codes os fiéis serão convidados a estudarem a temática e contribuírem com o processo sinodal a partir das perguntas: “Como é que este ‘caminho em conjunto’ está acontecendo na nossa Igreja local? Que passos é que o Espírito [Santo] nos convida a dar para crescermos no nosso ‘caminhar juntos’?”.

Ao longo dos meses iniciais de 2022, a equipe diocesana fará as sínteses que serão enviadas à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que irá compilar o trabalho das dioceses brasileiras e fará o posterior encaminhamento à Conferência Episcopal Latino-americana e Caribenha (Celam) que, por fim, enviará o documento a Roma, com a finalidade de dar subsídios para o documento de trabalho dos bispos que estarão lá, em 2023. A previsão da conclusão da fase diocesana e do envio da síntese local é o dia 25 de março de 2022, solenidade da Anunciação do Senhor.

18 outubro 2021, 09:11