Busca

Vatican News

Do Santuário de Loreto, uma oração pelos brasileiros na pandemia

“Diante da realidade da pandemia que assola o povo brasileiro, eu acredito que o papel de Maria está como consoladora. Todas as vezes que nós nos colocamos em oração com Maria, é o colo da mãe que nós buscamos", afirma Fr. Humberto, que reza o Terço em português no Santuário de Loreto, em parceria com o Vatican News.

Bianca Fraccalvieri – Vatican News

Quem acompanha diariamente com o Vatican News a oração do Terço direto da Santa Casa de Loreto provavelmente já viu o Fr. Humberto de Oliveira Rodrigues.

Ouça a reportagem completa

Da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Fr. Humberto é natural de Belém (PA), pertencente à Província de Nossa Senhora da Penha do Nordeste do Brasil.

O frade capuchinho se encontra em Loreto desde fevereiro de 2018. O Santuário, que foi construído em torno das paredes que um dia se acredita abrigaram a santa família de Nazaré, tem como missão a   assistência aos peregrinos e a atividade das confissões. E neste momento de pandemia, desde abril de 2020 (com algumas pausas), congrega fiéis de todo o mundo pela televisão e pela internet para rezar o Terço e a oração mariana do Angelus ou do Regina Coeli, como neste momento pascal. Os brasileiros, afirma Fr. Humberto, constituem uma das maiores audiências.

“Todas as vezes que nos reunimos e nos unimos em oração, creio que vivemos em profundidade o nosso ser Igreja. Portanto quando eu rezo o mistério do Rosário em português ou em espanhol, unindo-me a todos os que agradecem ou suplicam uma graça, neste momento sinto-me verdadeiramente membro vivo desta Igreja.”

Esta oração tem um significado ainda mais especial neste momento de aflição mundial. É o colo da mãe, afirma o brasileiro:

“Diante da realidade da pandemia que assola o povo brasileiro, eu acredito que o papel de Maria está como consoladora. Todas as vezes que nós nos colocamos em oração com Maria, é o colo da mãe que nós buscamos. Buscamos consolo, buscamos conforto e por isso eu creio, sim, que todas as vezes que rezamos o Terço esta consolação nos vem. A certeza de que Deus está conosco, que não obstante a situação grave, o Senhor não nos abandona jamais.”

Quem vive longe da família, sabe a apreensão ainda maior de ver algum membro adoecer. E para o Fr. Humberto não é diferente:  

“Dentre as coisas que me marcaram nos últimos meses, eu acredito que foi a situação da minha própria família. Eu tive a notícia de que na minha casa, muitos estavam infectados. E todas as vezes que eu rezava, colocava a minha família nas mãos de Deus pela intercessão de Maria, eu pedia sempre ao Senhor muita força para este momento, porque eu sabia que podia chegar quando muitos seriam infectados. E aconteceu, mas a doença passou com suavidade e isso me marcou muito, me fez sentir fortemente a mão de Deus que protege a minha família, por quem rezo todos os dias.”

Você pode acompanhar ao vivo a oração do Terço, de segunda a sábado, a partir das 12h locais (07 no horário de Brasília) no site do Vatican News e nos nossos canais no YouTube e no Facebook.

12 abril 2021, 11:10