Busca

Vatican News
Em 2021 , a Páscoa para os ortodoxos é celebrada em 2 de maio Em 2021 , a Páscoa para os ortodoxos é celebrada em 2 de maio  (AFP or licensors)

A Semana Santa ortodoxa na Jordânia em meio à pandemia

Os cristãos ortodoxos utilizam o Calendário Juliano, enquanto católicos e protestantes utilizam o Calendário Gregoriano. O calendário Juliano é um calendário solar, ou seja, baseado no ciclo das estações. Foi elaborado pelo astrônomo egípcio Sosigene de Alexandria e promulgado por Júlio César, na qualidade de pontífice máximo, no ano 46 aC.

Vatican News 

A Jordânia se prepara para celebrar a Semana Santa, segundo o Calendário Juliano, mas o país está em lockdown devido à pandemia e o fechamento lugares de culto provocou polêmicas.

O governo jordaniano dispôs que, no mês do Ramadã, os fiéis não poderão ir às mesquitas para a oração das sextas-feiras e às igrejas aos domingos, mas sim poderão a pé às mesquitas para as orações do Maghrib e Fajir.

Por isso, na última quarta-feira, o Conselho dos Chefes das Igrejas da Jordânia se reuniu na Arquidiocese greco-ortodoxa de Amã, para discutir a programação da Semana Santa à luz da Lei da Defesa Nacional, que conferiu ao Governo poderes excepcionais para estabelecer normas específicas durante a emergência sanitária e no atual contexto epidemiológico.

Após uma atenta avaliação da situação atual, e em coordenação com o governo jordaniano e as autoridades competentes, o Conselho concordou com as seguintes disposições: no dia 25 de abril, Domingo de Ramos, os lugares de culto permanecerão abertos pela manhã, até às 11 horas; as orações da Semana Santa serão realizadas como especificado por cada Igreja, segundo o horário permitido e no respeito às normas anti-Covid; no dia 30 de abril, Sexta-feira Santa, todas as igrejas permanecerão fechadas, mas as orações comuns serão transmitidas ao vivo, em streaming, nos sites e redes sociais das dioceses; dia 2 de maio, Domingo de Páscoa, as igrejas permanecerão abertas pela manhã, até às 11 horas.

O Conselho dos Chefes das Igrejas da Jordânia sublinha a necessidade de se respeitar todas as medidas de precaução e as normas emanadas das autoridades competentes.

Vatican News Service - TC

24 abril 2021, 10:11