Busca

Vatican News

Brasil. As capelinhas no caminho de fé dos migrantes

O Documentário “Caminhos de Fé” registrou os capitéis (capelinhas) nos arredores da cidade de Herval d'Oeste, interior de Santa Catarina. Segundo um morador, "representam a fé do povo em momentos da história em que não existiam outras soluções e tornaram-se símbolos para todas as gerações, principalmente as mais novas que não fizeram parte deste período histórico”

Angelo Júnior Radavelli

O município de Herval d’Oeste, localizado no meio-oeste de Santa Catarina, área de abrangência da Paróquia Senhor Bom Jesus e da Diocese de Joaçaba, é caracterizado pelo seu potencial agrícola, belezas naturais e fé de seus habitantes. De acordo com a história, os primeiros habitantes chegaram nesta região no início do Século XIX. A grande maioria imigrantes italianos vindos do Rio Grande do Sul. Além de toda a cultura e gastronomia típica da Itália, os primeiros moradores trouxeram consigo traços de fé que tornaram-se marcos nas comunidades onde chegaram.

Capitéis: símbolos de fé

Eis o surgimento dos Capitéis. Conforme o professor Davi José Frozza, antigamente, o município chegou a possuir 31 Capitéis. “Era praticamente um a cada esquina”, resumiu. De acordo com a professora Eliane Filippin, os capitéis são símbolos e demonstrações de fé dos primeiros moradores. “Naquele tempo, não haviam muitas soluções acessíveis para a saúde, lavoura ou até mesmo para a proteção das pessoas. Neste sentido, os Capitéis foram criados como alicerces para essa busca pelo Divino como fonte de inspiração para vencer as adversidades daquele momento da história”, comentou.

Inspirados nestas histórias, o projeto “Eu Amo Herval d’Oeste”, composto por Angelo Junior Radavelli, Erica Chaly e Vanderlei Ferreira, com o apoio da Lei Aldir Blanc do Município de Herval d’Oeste realizou um resgate histórico dos Capitéis localizados no município. Dos 31 existentes antigamente, apenas 15 foram encontrados na atualidade. Com histórias inspiradoras, o Documentário “Caminhos de Fé” ouviu mais de 30 pessoas localizadas nas 10 comunidades que possuem os símbolos de fé nos dias de hoje. De acordo com Sérgio Franceschet, um dos entrevistados, os Capitéis “representam a fé do povo em momentos da história em que não existia soluções na medicina, justiça para problemas pessoas e tornaram-se símbolos para todas as gerações, principalmente as mais novas que não fizeram parte deste período histórico”, explicou.

Capitel de Herval d'Oeste
Capitel de Herval d'Oeste

Os 15 capitéis que representam a fé do povo

O Caminhos de Fé resgatou 15 Capitéis localizados nas seguintes Comunidades:

Comunidade do Pacífico - Capitel Nossa Senhora dos Navegantes

Comunidade da Santa Luzia - Capitel Santa Luzia

Comunidade do Senhor Bom Jesus da Barra Verde - Capitéis Nossa Senhora Aparecida e São Brás

Comunidade do Rio Sapato: Capitéis Nossa Senhora do Caravággio e Santo Antônio

Comunidade do Rancho Queimado: Capitel São Paulo e São Roque

Comunidade da Capoeirada: Capitel Santa Luzia

Comunidade de Sede Sarandi: Capitéis Santo Antônio e São Roque

Comunidade de Sede Belém: Capitéis Santa Teresinha, Nossa Senhora Aparecida e Santo Antônio

Comunidade da Serra Alta: Capitel Santa Luzia

Capitel de Herval d'Oeste
Capitel de Herval d'Oeste
28 abril 2021, 11:53