Busca

Vatican News
A comunidade se reúne em torno das vítimas da Covid-19 A comunidade se reúne em torno das vítimas da Covid-19  (AFP or licensors)

Reino Unido, Covid: 23 de março, oração diante do Santíssimo Sacramento

No Dia Nacional de Reflexão da Covid-19, convocado pelo primeiro-ministro, Boris Johnson, a Conferência Episcopal da Inglaterra e Gales pede uma oração especial com as igrejas abertas para que esta pandemia termine e o dom do Espírito Santo de Deus "conduza a todos a uma vida nova e melhor".

Anna Poce – Vatican News

O cardeal Vincent Nichols e o arcebispo Malcolm McMahon, respectivamente, presidente e vice-presidente da Conferência Episcopal da Inglaterra e Gales, numa declaração divulgada no domingo no site dos bispos, exortaram os fiéis a rezar diante do Santíssimo Sacramento, em 23 de março, Dia Nacional de Reflexão da Covid-19.

O Dia, proposto pela Associação Marie Curie, foi convocado pelo primeiro-ministro, Boris Johnson, um ano após o primeiro fechamento nacional, decidido pelo governo para deter a difusão da pandemia de coronavírus. "Por todos aqueles que vivem na fé em Deus, a reflexão e a oração andam sempre de mãos dadas", afirmaram os dois expoentes do episcopado. "A oração completa a reflexão" e "abre a nossa vida para o seu verdadeiro horizonte. Sem a oração, o mundo é estreito e somos mais facilmente dominados por seu clamor e por sua tragédia", explicaram. A esperança dos líderes da Conferência Episcopal é de que no dia 23 de março, todas as igrejas estejam abertas para que todos possam entrar "para refletir e rezar na presença do Santíssimo Sacramento".

Igrejas abertas para apoiar o país

"Sabemos que isto envolverá um esforço a mais", ressaltaram, "mas pode fazer parte de nossa importante contribuição num momento significativo na vida de nosso país". Eles também pediram aos fiéis que "convidassem um amigo, vizinho ou colega para ir à igreja" com eles para refletir sobre todos aqueles que morreram, todos aqueles que sofreram neste ano passado, todos aqueles que demonstraram "generosidade, inventividade, abnegação e determinação" durante este tempo difícil, e que refletissem sobre as lições a serem aprendidas para construir uma sociedade melhor, "mais compassiva, menos marcada pela desigualdade, mais sensível às necessidades e privações".

Silêncio e luz como sinal de oração e memória

No dia 23 de março, um minuto de silêncio será observado ao meio-dia e, às 20h, todos os edifícios e pontos de referência mais importantes do país serão iluminados. Além disso, toda a população ajudará a criar uma "luz da memória" em sua porta de casa, projetando a luz de telefones, velas e tochas no céu noturno. "Que a terça-feira, 23 de março, possa ser um grande dia de oração para que esta pandemia termine e que o dom do Espírito Santo de Deus nos conduza a todos a uma vida nova e melhor, tanto aqui quanto no mundo que virá", concluíram o cardeal e o prelado.

16 março 2021, 15:48