Busca

Vatican News
 JMJ Viana do Castelo JMJ Viana do Castelo  

JMJ 2023: diocese de Viana criou um Conselho Diocesano da Juventude

As dioceses portuguesas estão a organizar-se na dinâmica da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023. Em Viana do Castelo juntaram o tradicional “canto das janeiras” à JMJ. Surgiram as “Jorneiras”.

Rui Saraiva

As estruturas diocesanas de juventude em Portugal estão a organizar-se para fazerem caminho com a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023. Mesmo em tempo de pandemia no dia 23 de cada mês os Comités Organizadores Diocesanos (COD) promovem atividades para dinamizar os grupos de jovens. Um contacto que ocorre sobretudo através das redes digitais.

Ouça e compartilhe!

No som da Agência Ecclesia e na reportagem da jornalista Sónia Neves damos hoje a conhecer o que tem feito a diocese de Viana do Castelo, no norte de Portugal, através do testemunho do responsável diocesano para a juventude, o padre José Domingos Meira.

A importância dos eventos

 

“Nestes meses de pandemia temos tido dificuldade em reunir os grupos” – diz o padre Meira que acentua uma ideia que vem do Sínodo dos Bispos sobre os jovens: a necessidade de desenvolver eventos. “Estamos limitados, mas não deixamos de programar” – refere o responsável diocesano.

O padre José Meira acredita que a JMJ 2023 não é só para os jovens, mas também para as comunidades e refere como muito importante o facto de ter sido criado o Conselho Diocesano da Pastoral Juvenil na diocese de Viana do Castelo já há mais de um ano. Um trabalho que vai “envolver toda a diocese” – salienta o sacerdote.

As limitações da pandemia aguçaram o engenho dos jovens na diocese de Viana do Castelo e, no mês de janeiro, recriaram a tradição do “cantar das janeiras” com uma iniciativa que apela à JMJ: as “Jorneiras”.

“Este ano não pode ser como manda a tradição, mas juntámos jornadas com janeiras e umas quadras próprias que explicam um pouco o que é a JMJ” – disse o padre José Domingos Meira.

Recordemos que a diocese de Viana do Castelo perdeu o seu bispo, D. Anacleto Oliveira, em setembro do ano passado, vítima de um acidente de viação. Um acontecimento que chocou os diocesanos, que aguardam com esperança a nomeação de um novo prelado.

Nas dioceses de Portugal, a JMJ 2023 está a ativar muito trabalho pastoral e disso continuaremos a dar nota nas próximas semanas.

Laudetur Iesus Christus

15 fevereiro 2021, 11:56