Vatican News
JMJ Diocese Guarda (Portugal) JMJ Diocese Guarda (Portugal) 

JMJ 2023: diocese da Guarda quer ser porta de entrada

O Comité Organizador Diocesano da Guarda (COD) já está em pleno trabalho para a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023.

Rui Saraiva

Em tempo de pandemia de Covid-19 e no atual período de confinamento geral em Portugal não tem sido uma missão fácil animar os jovens para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023. No entanto, muito trabalho já foi feito. A JMJ já tem site e logotipo, atividades nas dioceses a cada dia 23 e, recentemente, foi lançado o hino da Jornada. Uma canção inspirada no tema da JMJ Lisboa 2023: “Maria levantou-se e partiu apressadamente” (Lc.1, 39). 

Ouça e compartilhe!

Entretanto, as dioceses portuguesas estão a preparar e a organizar os seus contributos. A partir de hoje vamos conhecer alguns desses primeiros trabalhos. Nesta edição será a diocese da Guarda num trabalho publicado pela Agência Ecclesia na reportagem da jornalista Sónia Neves.

Porta aberta para a JMJ

Sandra Soares, é a responsável pelo Comité Organizador Diocesano (COD) da Guarda e explicou os critérios de organização que estão a seguir envolvendo o trabalho em seis setores num total de trinta pessoas.

A diocese da Guarda, situada junto à fronteira com Espanha, quer ser uma porta de entrada para a experiência de fé que será a JMJ 2023 e revela isso através de um logotipo com 3 símbolos: a montanha, a estrela e a porta.

“Os símbolos são a montanha, a estrela e a porta, a diocese é, naturalmente, porta de entrada de peregrinos e estamos à espera que entrem por Vilar Formoso, queremos recebê-los e apoiá-los, queremos ser porta de entrada nesta experiência de fé, uma porta aberta que convida as pessoas a entrar e experimentar o amor de Deus” – frisou.

Sandra Soares assinala que a Guarda é uma diocese envelhecida e por isso mesmo considera que a JMJ é uma oportunidade única para todos reunir, nomeadamente, os jovens e as famílias.

“Esta é uma oportunidade única para unirmos e reunirmos, jovens, famílias, grupos, congregações, movimentos da diocese. Toda a gente” – salientou.

A diocese da Guarda quer ser porta de entrada para a JMJ 2023. Este grande evento de juventude está a ativar muito trabalho pastoral nas dioceses de Portugal e disso daremos nota nas próximas semanas.

Laudetur Iesus Christus

08 fevereiro 2021, 11:08