Busca

Vatican News
Que a "Vela da Expiação" e a oração que a acompanha recordem "a necessidade de expiar e que possam simbolizar arrependimento, a luz nas trevas e a esperança". Que a "Vela da Expiação" e a oração que a acompanha recordem "a necessidade de expiar e que possam simbolizar arrependimento, a luz nas trevas e a esperança".  (ANSA)

Na Irlanda, "Vela da Expiação" recorda vítimas de abusos

Desde 2017 a Igreja Católica na Irlanda dedica um dia de oração às vítimas de abusos sexuais. "Estou convencido que a oração e o contato com sobreviventes de abusos é uma obra moderna de misericórdia corporal e espiritual”, afirma o presidente da Conferência Episcopal da Irlanda, Dom Eamon Martin

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Em 19 de fevereiro, primeira sexta-feira da Quaresma, será celebrado na Irlanda o Dia de Oração pelos Sobreviventes e Vítimas de Abusos Sexuais

Desejada pelo Papa Francisco, por sugestão de alguns sobreviventes, a data na Irlanda é celebrada todos os anos no período da Quaresma, desde 2017. Durante o dia será lida uma oração e nas Catedrais e em todas as paróquias do país serão acesas as “Velas da Expiação”, para “pedir perdão como Igreja pelo sofrimento causado pelo abuso”.

“Ao acender essas velas, recordaremos nossos irmãos e irmãs e suas famílias, que tiveram a vida marcada pelos abusos que sofreram”, explica em uma nota Dom Eamon Martin, arcebispo de Armagh e presidente da Conferência Episcopal da Irlanda. "Sua confiança foi profundamente traída e sua fé foi cruelmente colocada à prova pelos responsáveis ​​pelos abusos no seio da Igreja."

O primaz católico irlandês recorda ter tido a honra de encontrar em diversas oportunidades as vítimas e sobreviventes de abusos e membros de suas famílias nas quatro províncias da Irlanda: “Muitos me falaram sobre a importância da oração e a necessidade de a Igreja ser aberta à justiça, à expiação e nunca esquecê-los. Senti-me humilde diante de sua coragem e emocionado por sua generosidade de espírito”.

Neste sentido, Dom Martin, renova seu convite às dioceses e paróquias irlandesas para participarem da iniciativa de oração e para acender também neste ano a "Vela da Expiação" nas catedrais e igrejas de todo o país, sublinhando a importância deste gesto para as vítimas: "Estou convencido que a oração e o contato com sobreviventes de abusos é uma obra moderna de misericórdia corporal e espiritual”, afirma.

O prelado recorda a este respeito o forte impacto emocional do Rito Penitencial desejado e presidido pelo Papa Francisco em 26 de agosto de 2018 no Phoenix Park, durante a Missa de encerramento do Encontro Mundial das Famílias em Dublin, no qual o Pontífice implorou a misericórdia de Deus e o perdão pelos crimes cometidos. Os votos de Dom Martin são, portanto, de que a "Vela da Expiação" e a oração que a acompanha recordem a todos "a necessidade de expiar e que possam simbolizar arrependimento, a luz nas trevas e a esperança".

No site da Conferência Episcopal (ICBC), os bispos irlandeses disponibilizaram os textos litúrgicos para a bênção da "Vela da Expiação", o texto da oração que a acompanha, juntamente com os textos de outras orações pelos sobreviventes, como link para a página “Rumo à Paz”, um serviço de apoio espiritual aos sobreviventes e suas famílias financiado pela própria Conferência Episcopal e pela associação de religiosos e missionários da Irlanda.

Vatican News Service - LZ

17 fevereiro 2021, 15:35