Busca

Vatican News

Igreja no Paquistão: São José, modelo para a família, a Igreja e a sociedade

“Neste ano, convido os fiéis da minha arquidiocese e do Paquistão a concentrar sua atenção na vida e missão de São José, patrono da Igreja católica e chefe da Sagrada Família. Este pai amoroso, não só cuidou, mas protegeu a sua família”, exorta o presidente dos bispos paquistaneses, dom Joseph Arshad. São José é também um protetor da Igreja: deve ser um exemplo para todos, para que possamos estar a serviço da humanidade pobre, indefesa e sofredora, destaca

Vatican News

Ouça e compartilhe

O arcebispo de Karachi, no Paquistão, cardeal Joseph Coutts,  inaugurou solenemente o Ano dedicado a São José durante uma Santa Missa, em 3 de fevereiro, na Catedral de São Patrício.

Durante a celebração Eucarística, o cardeal Coutts abençoou e enviou uma equipe de sacerdotes, criada especialmente para este Ano de São José: “Envio-os como missionários de São José a todas as paróquias e comunidades na Arquidiocese de Karachi. O objetivo é organizar encontros e atividades pastorais sobre a vida e a missão de São José à luz da Carta Apostólica do Papa Francisco ‘Patris Corde’ (Com coração de pai), por ocasião dos 150 anos da proclamação de São José como Patrono universal da Igreja".

Após o Papa Francisco proclamar o Ano de São José para a Igreja católica, de 8 de dezembro de 2020 a 8 de dezembro de 2021, os bispos católicos no Paquistão se mobilizaram para sensibilizar os fiéis sobre a vida e a missão de São José.

São José, modelo para nossas famílias cristãs

O arcebispo de Islamabad-Rawalpindi e presidente da Conferência episcopal católica paquistanesa, dom Joseph Arshad, ao inaugurar o Ano de São José em sua arquidiocese, afirmou: “A vida de São José é uma bênção para cada um de nós. Ele é modelo para nossas famílias cristãs, especialmente para os jovens casados, ​​que devem cuidar de suas famílias”. “Neste ano, convido os fiéis da minha arquidiocese e do Paquistão a concentrar sua atenção na vida e missão de São José, patrono da Igreja católica e chefe da Sagrada Família. Este pai amoroso, não só cuidou, mas protegeu a sua família”, acrescentou.

Dirigindo-se a todos, de modo geral, o arcebispo disse ainda: “Convido todos os homens a seguir o exemplo de São José. Todos os pais de família devem conhecer a vida de São José e aprender quanto este pai foi responsável em sua família. São José é também um protetor da Igreja: deve ser um exemplo para todos, para que possamos estar a serviço da humanidade pobre, indefesa e sofredora”.

Convite a ser solidários com os migrantes

A diocese católica de Hyderabad inaugurou o Ano de São José, em meados de janeiro, durante um encontro, que contou com a presença de cerca de 100 sacerdotes, religiosos e religiosas, que atuam na pastoral diocesana.

Falando à Fides - agência missionária da Congregação para a Evangelização dos Povos - , Dom Samson Shukardin, afirmou: “O Ano de São José é um evento de grande importância para a Igreja, que, certamente, ressaltará os valores da obediência, da responsabilidade e da humildade na vida dos fiéis, especialmente em suas famílias”.

“A família de São José - acrescentou Dom Samson – também teve que enfrentar tantos desafios na vida, a ponto de ser obrigada a emigrar. Por isso, convido os fiéis paquistaneses a ser solidários com os migrantes de suas cidades. O Paquistão é um dos países onde muitas pessoas migram de pequenas cidades e vilarejos para as grandes metrópoles, a fim de trabalhar e estudar. O número destes migrantes é muito alto”.

Ajudar os pobres, necessitados, indefesos, órfãos e viúvas

Por sua vez, o arcebispo de Lahore, Dom Sebastian Shaw, declarou à referida agência missionária: “Exorto meus arquidiocesanos a ser mais responsáveis ​​em suas famílias; imitar São José, sobretudo, neste período de pandemia do Coronavírus, é uma bênção para nossas famílias e sociedade”.

“Ele nos ensina a viver a vida familiar com responsabilidade e a fazer o melhor possível para ajudar os pobres, necessitados, indefesos, órfãos e viúvas”, disse ainda.

Por fim, encorajou os fiéis a “rezar e trabalhar arduamente como São José e colocar nossas energias pelo bem das famílias e do país. O Santo também nos ensina a nos esforçar para crescer na fé e na vida espiritual”.

(Com Fides)

09 fevereiro 2021, 11:49