Busca

Vatican News
Fiel filipino na festa do Nazareno Negro, em Manila Fiel filipino na festa do Nazareno Negro, em Manila 

Semana de oração nas Filipinas: unidade é dom e responsabilidade de todos os cristãos pela humanidade

"Não basta rezar pela unidade, é preciso também unir esforços para ajudar os mais pobres e vulneráveis, especialmente nestes tempos de pandemia. “Devemos ter uma voz comum para tornar as vacinas acessíveis”, mas também para “prevenir abusos por parte das autoridades”, disse o administrador apostólico de Manila, Dom Broderick Pabillo.

Vatican News

A unidade é ao mesmo tempo um dom e uma responsabilidade de todos os cristãos, chamados a promovê-la para toda a humanidade. É o que afirma o presidente da Comissão para os Assuntos Ecumênicos da Conferência Episcopal das Filipinas (CBCP), Dom Angelito Lampon, em uma mensagem de vídeo para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que decorre até 25 de janeiro, com o tema “Permanecei no meu amor e produzireis muito fruto” (Jo 15,5-9).

“Se a unidade é um dom de Deus, ela é também uma tarefa para a qual somos chamados a nos empenhar ativamente para a alcançá-la, e isso pode ser feito respeitando as crenças de cada um e alegrando-nos pela nossa diversidade”, destaca o arcebispo de Coatabato, recordando a importância deste testemunho de unidade na diversidade entre os cristãos para toda a comunidade humana: “Estamos dizendo algo enorme ao mundo: que a unidade é possível não somente entre os cristãos, mas também para a humanidade”, afirma.

 

A importância dos oito dias de oração neste sentido também foi sublinhada pelo Núncio Apostólico nas Filipinas, Dom Charles John Brown, que - segundo informa a agência dos bispos Cbcpnews - elogiou os esforços realizados no país para celebrar também este ano o evento ecumênico anual, não obstante os problemas criados pela pandemia. “O ecumenismo é um dom de Deus, um dom que se torna possível por meio da oração”, sublinhou o prelado.

Por ocasião da Semana - relata por sua vez a agência católica filipina Licas - o administrador apostólico de Manila, dom Broderick Pabillo, destacou que não basta rezar pela unidade, é preciso também unir esforços para ajudar os mais pobres e vulneráveis, especialmente nestes tempos de pandemia. “Devemos ter uma voz comum para tornar as vacinas acessíveis”, mas também para “prevenir abusos por parte das autoridades”, disse o bispo.

Vatican News Service - LZ

21 janeiro 2021, 11:31