Busca

Vatican News
O momento de oração on-line começa às 14h na Itália, 10h no horário de Brasília O momento de oração on-line começa às 14h na Itália, 10h no horário de Brasília 

Celebração global on-line pela unidade dos cristãos é nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira (25), último dia da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, o convite do Conselho Mundial de Igrejas é para se unir numa oração comum virtual às 14h na Itália, 10h no horário de Brasília, através do site oficial da organização internacional. A celebração global on-line será um momento para conhecer e se conhecer: um tempo de oração para que "todos possam ser um".

Tiziana Campisi - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

O Conselho Mundial de Igrejas (WCC) convida a família ecumênica de todo o mundo para se unir virtualmente em oração nesta segunda-feira, 25 de janeiro e último dia da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. O encontro on-line está marcado para às 14h na Itália, 10h no horário de Brasília, através do site oficial da organização internacional: www.oikoumene.org/live.

"Rezar incessantemente", juntos

O secretário-geral interino do Conselho, o reverendo Ioan Sauca, foi quem convocou todos os cristãos através de uma carta, quando escreveu: "como as restrições impostas pela pandemia do coronavírus tornam difícil a reunião física em muitos lugares, esta celebração global on-line vai nos permitir rezar juntos onde quer que estejamos". A Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos começou em 18 de janeiro. Ainda segundo o reverendo, "quando nos reunimos em oração, o fazemos como afirmação e expressão de nossa vocação comum de rezar pela unidade dos cristãos e pela reconciliação da nossa família humana".

Este tempo de oração, também, é uma oportunidade para conhecer a Oração do Peregrino, o novo volume para o Ciclo Ecumênico de Oração. Esse livro, que complementa o que já está disponível on-line no site da organização, explica o reverendo, "nos guia a cada semana em nosso compromisso de rezar com e pelos povos e Igrejas do mundo". Na conclusão da carta, a reafirmação de que a oração é um dos frutos que nasce da permanência no amor de Cristo, esperando que a celebração deste 25 de janeiro possa renovar o compromisso com o convite para "rezar incessantemente", dirigido por São Paulo aos Tessalonicenses (1, 5-17).

25 janeiro 2021, 11:13