Busca

Vatican News
O conflito armado em Cabo Delgado causou até agora mais de 2 mil mortos e 600 mil deslocados O conflito armado em Cabo Delgado causou até agora mais de 2 mil mortos e 600 mil deslocados  (AFP or licensors)

Iniciativa portuguesa “Juntos por Cabo Delgado” arrecada mais de 54 mil euros

A iniciativa realizou-se entre setembro e dezembro de 2020 e ajudou cerca de “quinhentos mil deslocados em fuga dos povoados, constantemente atacados por grupos armados que semeiam terror e morte”.

Vatican News

A campanha de solidariedade “Juntos por Cabo Delgado’, promovida pelo Centro Missionário da Arquidiocese de Braga (Cmab), em Portugal, arrecadou mais de 54 mil euros em favor de Moçambique e sua província situada no nordeste do país, há mais de três anos no centro de um violento conflito.

Ouça e compartilhe

A iniciativa realizou-se entre setembro e dezembro de 2020 e ajudou cerca de “quinhentos mil deslocados em fuga dos povoados, constantemente atacados por grupos armados que semeiam terror e morte”. Os sobreviventes, privados de tudo, encontraram refúgio em Pemba, capital da Província de Cabo Delgado, onde são ajudados pela diocese e pela Caritas local. Agradecendo “todas as pessoas e instituições que contribuíram com orações, doações e conscientização” para a campanha de solidariedade, o Centro Missionário salienta que a iniciativa continuará porque “infelizmente o conflito ainda não terminou e suas consequências ainda durarão muitos anos”, tanto que de setembro até hoje “o número de deslocados internos dobrou”.

Portanto, além da coleta de fundos, o Cmab também decidiu iniciar “uma coleta de necessidades básicas”, respondendo ao pedido da Diocese de Pemba. “Estas iniciativas poderão ir adiante desde que haja pessoas generosas dispostas a contribuir, a rezar e a fazer com que esta tragédia não seja esquecida.” De 2017 até hoje, o conflito armado em Cabo Delgado causou mais de 2 mil mortos e 600 mil deslocados. Um drama que muitas vezes esteve no centro da atenção do Papa Francisco: o seu último apelo, em ordem cronológica, foi proferido no dia de Natal, por ocasião da Mensagem Urbi et Orbi: “Que o Deus Menino traga conforto aos habitantes da região de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, vítimas da violência do terrorismo internacional", disse o Pontífice em 25 de dezembro.

Vatican News Service – IP/MJ

12 janeiro 2021, 14:28