Busca

Vatican News
Grupo Coral Hino JMJ Lisboa 2023 Grupo Coral Hino JMJ Lisboa 2023 

JMJ Lisboa: "Há Pressa no Ar”

Foi apresentado quarta-feira,27 janeiro, em Lisboa, o Hino da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer em Portugal em 2023.

Domingos Pinto - Lisboa

"Há Pressa no Ar”, é o tema do Hino da próxima Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer na capital portuguesa em 2023.

O lançamento do hino oficial das JMJ Lisboa decorreu quarta-feira, 27 de janeiro, num evento digital, transmitido através das páginas da JMJ nas redes sociais e do site da JMJ 2023.

A música inspira-se na passagem do Evangelho que diz que Maria partiu “apressadamente” para estar com a sua prima Isabel, que estava grávida.

Ouça e compartilhe

O hino é da autoria do padre João Paulo Vaz, que fez a letra, e do professor e músico Pedro Ferreira, ambos da diocese de Coimbra, que procuraram apresentar “uma música popular, alegre, juvenil, fácil de aprender e de fácil tradução e adaptação”, refere a organização.

Pedro Ferreira, de 41 anos, explica que criou primeiro a música, “sozinho ao piano”, com o objetivo de “congregar, unir uma comunidade”.

Depois, e já com a melodia feita, o padre João Paulo Vaz fez a letra, um trabalho que culminou, no tratamento dos arranjos, com a ajuda de Carlos Garcia.

“Ao ouvir o tema, o Carlos acaba por se apropriar da melodia e num trabalho notável – não lhe mexe na estrutura, na forma – enriquece-a de uma forma única”, sublinha o músico Pedro Ferreira.

“Não alterando em nada a melodia, e com a guitarra na mão, fui escrevendo, como costumo fazer”, recorda por sua vez o autor da letra, padre João Paulo Vaz, de 51 anos.

 “O tema da edição de Lisboa [‘Maria levantou-se a partiu apressadamente’ (Lc 1, 39)] levou-me a rever a minha relação com a Mãe e, portanto, o processo criativo da letra tornou-se um tempo de oração muito profundo para mim”, diz o sacerdote.

O hino foi escolhido em concurso por um júri formado por profissionais da área da música e das artes, selecionados pela organização das JMJ.

A versão final foi gravada em estúdio e contou com participantes especiais, muitos dos que também submeteram candidaturas aceitaram integrar o coro, apesar de não terem ganho o concurso, num bom exemplo do espírito que anima um evento desta dimensão.

O hino foi gravado em duas versões, uma integralmente portuguesa e outra em vários idiomas, incluindo o inglês, espanhol, francês e italiano.

Vídeo odicial do Hino

 

28 janeiro 2021, 12:51