Busca

Vatican News

Indonésia. Igreja em Jacarta dá início ao especial "Ano da reflexão"

O objetivo é encorajar os fiéis e os movimentos católicos a "dedicar-se à reflexão como uma prática tradicional de contato com Deus, para redescobrir e reavivar nossa identidade autêntica de cristãos". O arcebispo de Jacarta e presidente da Conferência Episcopal Católica da Indonésia, cardeal Ignatius Suharyo, exorta os fiéis a "tomar o annus horribilis (ano horrível) de 2020, marcado pela pandemia, como uma boa base para iniciar uma profunda reflexão de natureza espiritual", para discernir a vontade de Deus

Vatican News

Ouça e compartilhe

"A reflexão é o instrumento espiritual para fortalecer a integridade e a fé pessoal, num tempo marcado por sofrimentos e dificuldades": com estas palavras, o arcebispo de Jacarta, capital da Indonésia, cardeal Ignatius Suharyo, declarou oficialmente 2021 o "Ano da Reflexão" para os fiéis da arquidiocese.

O objetivo é encorajar os fiéis e os movimentos católicos a "dedicar-se à reflexão como uma prática tradicional de contato com Deus, para redescobrir e reavivar nossa identidade autêntica de cristãos".

Reflexão espiritual para discernir a vontade de Deus

"Ao praticarmos a reflexão, tanto individualmente quanto em comunidade, somos chamados a renovar nosso compromisso como bons cristãos; e, ao reconhecermos nossa verdadeira identidade como discípulos de Cristo, fortalecemos nossa integridade pessoal", disse o cardeal.

Falando a centenas de fiéis por meio de transmissão ao vivo, o arcebispo de Jacarta e presidente da Conferência Episcopal Católica da Indonésia exortou os fiéis a "tomar o annus horribilis (ano horrível) de 2020, marcado pela pandemia, como uma boa base para iniciar uma profunda reflexão de natureza espiritual", para discernir a vontade de Deus.

Tornar nossas vidas um instrumento de bem para os outros

"Questionemos o que Deus quer nos dizer e o que espera que façamos para tornar nossas vidas um instrumento de bem para os outros", disse por sua vez o vigário geral da Arquidiocese de Jacarta, padre Edy Mulyono SJ, aos representantes de organizações e movimentos católicos da Igreja local em conexão on-line.

A Arquidiocese criou uma espécie de "enviado especial", o vigário geral, encarregado de permanecer em estreito contato e encorajar os membros de organizações, comunidades, movimentos, paróquias católicas a permanecerem "ancorados na verdadeira identidade de ser cristãos".

Mostrar o rosto amoroso e misericordioso de Deus

"Isto significa que todo batizado é chamado, como propósito de sua vida, a ter compaixão pelos outros e a mostrar, através das obras de sua vida, o rosto amoroso e misericordioso de Deus", disse o sacerdote.

"A fonte desta energia espiritual é a Eucaristia diária. A graça de Deus que a Eucaristia diária oferece muda nosso caminho de vida e nos dá uma vida melhor, na relação com Deus e no amor para com o próximo", concluiu o cardeal Suharyo.

(Fides)

20 janeiro 2021, 13:54