Busca

Vatican News

Colômbia: bispo de Tumaco faz apelo a grupos armados para acabar com a violência

A costa pacífica do departamento de Nariño, onde se encontra a cidade de Tumaco, continua sofrendo com a violência de grupos ilegais que controlam regiões inteiras no país. Dom Orlando Olave Villanova dirige o apelo a essas formações e após o desaparecimento de 11 pessoas na região.

Anna Poce - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

O bispo de Tumaco, dom Orlando Olave Villanova, se dirige a grupos armados ilegais após a notícia do desaparecimento, em 13 de janeiro, de 11 homens que partiram de barco com destino à cidade de Mosquera, no mesmo departamento de Nariño, na Colômbia, para procurar trabalho em uma serraria:

“Convidamos todos os atores armados a converter os seus corações, a descobrir em seus corações a vontade de Deus que nos pede para nos renovarmos e mudarmos a nossa atitude. Ele nos pede para defender a vida de todas as pessoas.”

A situação de violência

A costa pacífica de Nariño continua sofrendo com a violência de grupos armados ilegais que controlam regiões inteiras no país. As comunidades vivem com ansiedade e medo, denunciou o prelado, enfatizando também a falta de comunicação eficaz no território, o que ajudaria a esclarecer o que está acontecendo. Ele disse ainda que "há informações e comentários diferentes, mas o que é certo e real é que 11 pessoas desapareceram, e dois corpos que foram encontrados ainda não foram identificados".

Dom Orlando, ao fazer o apelo aos grupos ilegais para que acabem com todos os atos de violência e não afetem à população, concluiu o seu pensamento destacando como padres, religiosos e agentes pastorais continuam apoiando constantemente as comunidades e como a Pastoral Social prossegue com o empenho em projetos que visam construir um caminho de paz e de reconciliação.

25 janeiro 2021, 12:56