Busca

Vatican News
Civis, as maiores vítimas dos conflitos em países africanos Civis, as maiores vítimas dos conflitos em países africanos  (AFP or licensors)

No "espírito de Assis", oração de 27 de janeiro será pela África, EUA e pandemia

No dia 27 de cada mês - em recordação ao encontro inter-religioso de oração pela paz realizado em 27 de outubro de 1986 - a Diocese de Assis convida para um dia de oração por alguma intenção particular.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

A pandemia, mas também os Estados Unidos - que assistiram no início de janeiro à invasão do prédio do Congresso em clima de tensão social e política -, bem como o continente africano, palco de violentas desordens e protestos em vários países, incluindo a República Centro-Africana, Nigéria, Uganda e Níger.

 Essas são as intenções que, na quarta-feira, 27 de janeiro, estarão no centro das orações da Diocese de Assis - Nocera Umbra - Gualdo Tadino. O já tradicional encontro mensal se realiza em recordação do histórico encontro inter-religioso de oração pela paz, realizado no dia 27 de outubro de 1986 na cidade de São Francisco.

“O novo ano - escreveu em nota o bispo local, Dom Domenico Sorrentino – iniciou sob o signo dos números alarmantes da pandemia de Covid-19, que ainda atinge todas as regiões do mundo”. Por isso, o prelado exorta os fiéis a “implorar ao Senhor que nos ajude a superar esta terrível crise, numa solidariedade universal que não deixa ninguém para trás”.

As mesmas orações também serão feitas pelos “fenômenos de agressão e violência” que explodiram em vários países do mundo e que “nos amarguram e nos preocupam”, explica Dom Sorrentino, na esperança de “um caminho pela via da justiça e da paz” para os Estados Unidos e para a África.  Que as populações locais alcancem a reconciliação graças “à conversão do coração dos violentos e à orientação dos governantes para o bem comum”, conclui o prelado.

Digno de nota que, devido à emergência sanitária, não haverá uma oração coletiva presencial na quarta-feira, mas todos os fiéis, católicos ou pertencentes a outra confissão ou religião, são convidados a rezar pelas referidas intenções, do local onde estiverem.

Vatican News Service - IP

26 janeiro 2021, 13:23