Busca

Vatican News
Celebração Celebração 

Uma história de fé e devoção

Uma historia de fé que une a família de Matheus em Campo Grande (MS) e Carlo Acutis. O milagre da cura do menino que foi reconhecido e responsável pela beatificação. Nesta entrevista Luciana Lins Vianna mãe de Matheus fala da emoção e da alegria de ter obtido essa graça. Hoje com 10 anos é um menino saudável e gosta de dizer que Carlo é um amiguinho no céu. Uma história de gratidão, fé e devoção.

Ricardo Gomes – Diocese de Campos

"É grande a alegria dar testemunho da ação de Deus pela intercessão de Carlo Acutis",  Luciana Viana.

"Eu beijei a relíquia e fui curado e senti muita fome",  Matheus

Alegria e emoção são os sentimentos da família de Matheus Viana, o menino brasileiro que recebeu o milagre em Campo Grande do Sul (MS) que foi confirmado pelo Vaticano e aprovou a beatificação de Carlo Acutis. A família hoje vive a alegria de receber essa graça. Hoje com 10 anos o menino tem uma vida saudável. Comprovada por meio de exames médicos o milagre da cura de Matheus de uma doença aos 3 anos, a  mãe de Matheus, Luciana Lins Vianna, frequentadora da Paróquia São Sebastião, começou a rezar constantemente para Carlo Acutis, pedindo a cura do menino. No dia que acontece o milagre a família se emociona e surge uma amizade com o beato e Luciana chega a pensar que o beato é uma pessoa muito familiar.

Aos 10 anos Matheus e sua família consideram Carlo Acutis um jovem que é um amigo e uma pessoa da família. A beatificação foi um momento de grande emoção e alegria na família que  mora em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Matheus fala do amiguinho  no céu  e o considera um irmãozinho que já o chama de Carlinhos. E sabe que do céu tem um amiguinho na gloria celeste, um anjinho que sempre estará protegendo toda sua família.

Matheus Viana
Matheus Viana

Luciana Viana, mãe de Matheus não consegue esconder a alegria e a emoção. Hoje com 10 anos,, Matheus é um menino saudável, mas nunca vai esquecer o que sentiu ao tocar na relíquia do Beato. Luciana Viana não tem palavras para descrever a emoção e recorda o milagre no ano de 2010. Em casa Matheus conseguiu comer sem mais vomitar e toda a família foi tomada de uma grande emoção.

Milagre e devoção

O milagre criou laços muito fortes entre a família de Matheus em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul e a família de Carlo Acutis, na Itália. Para Luciana era mais um filho e amizade com um menino já nos altares é a certeza de um anjo no céu. E recorda do sofrimento em ver o filho desenganado pelos médicos e finalmente curado era uma graça e não se cansa de falar que o milagre aproximou toda a família da fé.

“A minha família sempre foi muito católica e meus avôs paternos eram muito piedosos e minha avó rezava vários rosários por dia. Meu pai e avô eram catequistas, mas a cura do Matheus trouxe uma mudança e fervor de toda a nossa família e uma renovação na minha vida e me vi numa nova fase na vida espiritual e agora  passei a uma fase de testemunho e de evangelização, e de um momento que não esperava”, conta Luciana.

Uma emoção e uma alegria

Uma alegria indescritível do irmão mais velho Ângelo Mathias Lins Viana, hoje com 14 anos. Luciana conta que foi um momento de tanta felicidade que Ângelo pulava e não tinha palavras em saber que Matheus estava curado. E relata a dor de saber que poderia perder o irmão diante do problema de saúde dele.

“Eu estou muito feliz por ter escolhido meu irmão para ter o milagre e estar vivo. Muito legal e o Carlo é um grande exemplo para nós e ele mostrou que com uma vida simples e um grande amor a Eucaristia nós podemos nos santificar”, revela Ângelo.

Matheus Viana
Matheus Viana

E Luciana revela que o milagre da cura do filho Matheus trouxe uma grande alegria a toda sua família que percebe o aumento da fé em Deus. E saber que aquele milagre aconteceu na sua casa. E hoje passados 10 anos a alegria de ver o filho vivo e saudável.

“Podemos falar do Carlo e de todos os exemplos que ele deixou, sendo um jovem normal foi sua devoção e seu amor por Jesus Eucarístico que o santificou. Porque ele queria estar perto dele e passando tantas horas com ele o Carlo reproduziu o que recebeu e o principal exemplo para nossas crianças e jovens é que no Jesus se colhe santidade, para a nossa família fazer parte desse momento especial na vida do Carlo e agora na vida eterna. E felicidade ter sido escolhido para curar o Matheus e deixar meu filho com vida e a nossa família para levar essa grande graça que nos concedeu. A gente sente que Carlo é próximo de nós e sentimos uma confiança ao pedir a ele e temos um grande amigo no céu”, conta Luciana.

Luciana fala emocionada em ver o Matheus em certas atitudes. Um menino brincalhão, mas tímido que fala da amizade com Carlo Acutis. Desde a beatificação muitas famílias querem conhecer o menino, tirar fotos e contar seus problemas e com atenção ele ouve e promete rezar pedindo ao amiguinho no céu. Mas a rotina da família pouco mudou. Matheus gosta de brincar com o irmão Ângelo, que não esconde a alegria da cura de Matheus.

“Confesso que Matheus me surpreende. Tímido, mas tem uma virtude. Na igreja uma senhora foi contar seus problemas e ele ouvia atento. Fiquei observando e percebi que ele anotou o nome dela no celular e prometeu que quando despertasse às 14h rezaria por ela e pela filha. E tenho de pedir pelo meu filho a santidade a exemplo de Carlo Acutis.  É uma criança normal como todas, mas é um filho obediente”, disse Luciana.

Tudo é alegria. Tudo é festa

Com uma nova rotina Matheus é visto por todos como um exemplo. A mãe Luciana relata que todos os dias rezam pela canonização do Carlo Acutis. Um momento de reunir os meninos para agradecer  a Deus por ter curado o filho e não esquece o dia que aconteceu em 2013. Lembra do pai Elias Luis Viana diante da relíquia e Matheus pedindo para parar de vomitar. E recorda ao chegar em casa vendo o filho se alimentando normalmente.

Matheus, o irmão Angelo e o avô Elias
Matheus, o irmão Angelo e o avô Elias

“Ele não aguentava o peso do Matheus e eu o levei e chegando a vez do meu pai me pediu o menino e foi tudo muito rápido”, conta.

Hoje a vida de Matheus é comemorada por todos em especial o irmão Ângelo que ficava triste olhando o irmão e com o medo que morresse. Os dois brincam juntos e a família comemora cada dia. Carlo é um amigo de todos e os frutos dessa amizade começam aparecer.

O Avô Elias Luis Viana recorda emocionado o dia do milagre.  E com fé  orientou o menino a tocar na relíquia. E lembra que o neto pediu para parar de vomitar e assim aconteceu a cura do menino que sentiu uma alegria e voltando para casa comprovou que estava curado e já se alimentou.

“ Foi no dia 12 de outubro na capela de N S Aparecida e quando cheguei perto da relíquia eu falei com a mãe dele e ela me entregou o Matheus e antes que eu dissesse alguma coisa ele beijou a relíquia e falou para parar de vomitar... eu me emociono porque ele era tão magrinho, tão pequenininho. Ele estava curado, comendo e bebendo. Graças a Deus e Carlo Acutis ele esta muito bem”, conta o avô.

Devoção que transforma vidas

Conhecer a vida de Carlo Acutis mudou a vida de Pedro Henrique Oliveira Grion, 15 anos e o fez buscar o exemplo do jovem beato. E o exemplo de santidade o fez refletir na sua vida e junto a sua família voltar a participar das missas e das atividades religiosas. Um jovem transformado pelo exemplo de vida do beato.

“Eu estava afastado e o exemplo de Carlo me fez buscar mais Cristo e agora vamos para a missa e algo maravilhoso e uma benção de Deus ter Carlo como amigo, como intercessor na vida minha e da minha família. Quero dizer aos jovens que nunca tenham medo de buscar a santidade e seguindo o exemplo do jovem beato possamos rezar e praticar a caridade, ser bondosos e possamos conquistar o céu. Para mim o valor da missa e da Palavra passou a ter um grande valor na minha vida. E todos jovens sejam abençoados”, disse Pedro.

Pedro Henrique Oliveira Grion, 15 anos
12 novembro 2020, 12:39