Busca

Vatican News
Idoso segue a Missa através da Internet Idoso segue a Missa através da Internet 

A importância dos meios digitais na pandemia

A vida nas paróquias e dioceses está cada vez mais marcada pela comunicação digital neste tempo de pandemia. O padre Nuno Rosário Fernandes conta a sua experiência no som da Agência Ecclesia.

Rui Saraiva 

O número de contágios de coronavírus continua a aumentar em toda a Europa. Sucedem-se medidas governamentais cada vez mais restritivas da movimentação das pessoas. O objetivo é estancar a curva ascendente da pandemia.

Comunicação na proximidade digital

Com a regra fundamental de uso da máscara e a necessidade de distanciamento social, aumentou a importância da comunicação produzida na proximidade digital.

Passaram a ser utilizados em massa os meios de comunicação à distância. Surgiram novos espaços de contacto, informação, reunião, partilha e decisão.

Ouça e compartilhe

Os meios digitais são cada vez mais necessários. Também na vida da Igreja. A comunicação nas paróquias e dioceses está marcada pela utilização intensa de vídeos e de transmissões audiovisuais em direto nas redes sociais.

O padre Nuno Rosário Fernandes, do Patriarcado de Lisboa, em entrevista à Agência Ecclesia, revelou que tem dedicado muita da sua atividade pastoral transmitindo eventos nas redes sociais, devido à pandemia. “Eu sinto que o importante é levarmos às pessoas a possibilidade de um tempo de oração” – diz o padre Nuno.

Abrir as fronteiras da paróquia

Com sensibilidade para as novas tecnologias e com “algum material técnico”, o padre Nuno, que é também diretor do jornal Voz da Verdade, semanário da diocese de Lisboa, revela que para transmitir uma celebração litúrgica é preciso incluir alguma qualidade. “Mais do que ter uma grande imagem é preciso ter um bom som”, porque na Liturgia é essencial “ouvir a Palavra de Deus” – salienta. Sendo que “a tecnologia permite com muita facilidade fazer um direto”.

Muito importante para quem comunica nos meios digitais é “saber o que quer” e quais “os objetivos” de comunicação que procura cumprir.

Para o padre Nuno Rosário Fernandes, que é pároco de Nossa Senhora do Amparo em Lisboa, o grande objetivo das transmissões online é permitir que as pessoas que estão em casa, impedidas de ir à Igreja, possam ter um contacto com a sua comunidade.

A continuidade das transmissões de celebrações através dos meios digitais foi uma experiência que “abriu as fronteiras da paróquia” – sublinha o padre Nuno.

O padre Nuno Rosário Fernandes, do Patriarcado de Lisboa, partilhou em entrevista à Agência Ecclesia, a sua experiência no âmbito da comunicação digital e das transmissões online.

No meio de uma pandemia que modificou o mundo e alterou profundamente as formas de comunicação e relação, as comunidades tentam reagir na ajuda fraterna a quem precisa procurando a proximidade através dos meios digitais.

 

06 novembro 2020, 10:10